Usuário

Informe abaixo os dados para a criação do usuário que será o administrador do sistema

Domínio

Crie um endereço exclusivo para sua empresa acessar o sistema de gestão MarketUP

CONTA CRIADA COM SUCESSO!

Para ativar sua conta e começar a utilizar o MarketUP, basta seguir as instruções enviadas para o e-mail abaixo, utilizado no seu cadastro de administrador.

OCORREU UM PROBLEMA!

Não foi possível, neste momento, completar sua solicitaçao e criar sua conta no MarketUP. Pedimos desculpas pelo ocorrido e solicitamos que tente novamente.

TENTAR NOVAMENTE
Crie sua conta em
1 Minuto
100% grátis

4 erros graves para evitar na gestão do estoque

MarketUP > Gestão  > 4 erros graves para evitar na gestão do estoque
estoque

4 erros graves para evitar na gestão do estoque

Entenda como uma boa gestão de estoque pode ser a diferença entre o lucro e o prejuízo de seu comércio

 

Quer tenha acabado de abrir uma empresa, quer seja um empreendedor calejado no mercado, você deve saber que uma boa gestão de estoque é fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

 

Afinal, para quem trabalha com a compra e venda de produtos, manter um estoque organizado e sempre atualizado pode ser a diferença entre o prejuízo e o lucro.

 

Mas, infelizmente, ainda é comum encontrar empreendedores que negligenciam a gestão do estoque. E além disso, cometem erros que colocam o desempenho de seu comércio em risco.

 

Então, para ajudar você, empreendedor, a garantir a melhor gestão de seu estoque e obter boas (e lucrativas) vendas, separamos quatro erros que devem ser evitados.

 

#1 – TER PRODUTOS DEMAIS (OU DE MENOS) NO ESTOQUE

 

Sempre evite estes extremos. Ter produtos demais no seu estoque pode ser um risco caso seu comércio trabalhe com produtos perecíveis, por exemplo.

 

Nesse caso, ter mais produtos em estoque do que você vende em determinado período pode acabar em prejuízo. 

 

É necessário também ficar atento à sazonalidade de seus produtos. Alguns podem ter uma saída melhor ou pior dependendo da época do ano, como o Natal.

 

Ter poucos produtos no estoque também deve ser evitado, já que sua falta pode fazer com que clientes em potencial recorram à concorrência para comprar o que desejam.


#2 – DEMORAR PARA ATUALIZAR OU NÃO FAZER INVENTÁRIO

 

Fazer o inventário de seu estoque pode ser uma tarefa até mesmo maçante, mas jamais subestime a sua importância.

Tomar algum tempo de seu dia para atualizá-lo pode mostrar-se muito benéfico, pois assim você saberá quais produtos estão saindo mais e quais estão ficando “encalhados”.

 

Com essa informação em mãos, você pode também direcionar melhor suas futuras compras. Assim, consegue minimizar o desagradável risco de perder dinheiro.


#3 – INVESTIR DEMAIS EM PRODUTOS QUE NÃO VENDEM BEM

 

Como já citado no item anterior, manter um inventário atualizado de seu estoque pode ajudá-lo a economizar. Pois, através dele é possível identificar os produtos que não têm boa saída em sua loja.

 

Neste caso, insistir nesses produtos pode ser um erro gravíssimo, já que você deixa de investir em um produto lucrativo para perder dinheiro (e espaço) em outro que ficará parado em seu estoque por tempo indeterminado.


#4 – NÃO UTILIZAR UM SISTEMA DE GESTÃO DE ESTOQUE

 

A tecnologia mudou tudo, então não existe razão para você deixar de fazer o melhor uso dela em seu empreendimento.

 

Sua gestão de estoque pode ficar ainda mais dinâmica, segura e completa com o ERP MarketUP. Além de atender as necessidades do seu negócio, é uma plataforma totalmente gratuita.

 

Essa ferramenta torna possível que você, empreendedor, saiba exatamente quais produtos têm saída do estoque, quais não são vendidos, entre outras informações.

 

Por: Luis Carvalho

 

VEJA MAIS

CRM ou ERP? Qual a diferença e qual deles você precisa?

>  Como calcular a margem de lucro de um produto ou serviço?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários no Facebook