Usuário

Informe abaixo os dados para a criação do usuário que será o administrador do sistema

Domínio

Crie um endereço exclusivo para sua empresa acessar o sistema de gestão MarketUP

CONTA CRIADA COM SUCESSO!

Para ativar sua conta e começar a utilizar o MarketUP, basta seguir as instruções enviadas para o e-mail abaixo, utilizado no seu cadastro de administrador.

OCORREU UM PROBLEMA!

Não foi possível, neste momento, completar sua solicitaçao e criar sua conta no MarketUP. Pedimos desculpas pelo ocorrido e solicitamos que tente novamente.

TENTAR NOVAMENTE
Crie sua conta em
1 Minuto
100% grátis

5 bons motivos para você usar um emissor gratuito de nota fiscal

MarketUP > Gestão  > 5 bons motivos para você usar um emissor gratuito de nota fiscal

5 bons motivos para você usar um emissor gratuito de nota fiscal

Veja como um emissor gratuito de nota fiscal eletrônica pode contribuir com a redução de custos em sua empresa

Você sabe a importância de emitir nota fiscal? Com certeza você já ouviu falar das obrigações fiscais que toda empresa precisa cumprir, não é mesmo?.

Porém, ainda não sabe exatamente qual é a importância deste documento nem como emitir essas notas fiscais. Fique tranquilo! Isto é comum em várias empresas.

Ao abrir um negócio você presta atenção a vários detalhes: como será o meu produto ou serviço, como irei divulgar meu empreendimento ou quanto você devo comercializar o produto, por exemplo.

Mas na hora de pensar na parte financeira você encontra dúvidas. Como controlar meu fluxo de caixa?,  Qual será o porte da minha empresa?

Essas dúvidas também podem se aplicar a emissão de nota fiscal, pois existe uma complexidade imensa e particularidades com esse assunto.

Não se preocupar com a questão financeira pode ser um tiro no pé, pois emitir nota fiscal é importante para manter sua empresa regular. Assim como ficar em dia com as obrigações fiscais.

Emitir NFe é uma obrigação na maior parte dos estabelecimentos. Não cumprir com essa obrigação é crime, mais conhecido como sonegação de impostos.

Se você quer entender mais sobre a importância da nota fiscal e como um emissor gratuito pode ajudar nessa operação, leia a seguir o que preparamos para você.

Neste artigo abordaremos:

  • O que é  nota fiscal e para que serve?
  • Qual tipo de nota fiscal você precisa?
  • O Que É Necessário Para Emitir Uma NF-E
  • Como automatizar o processo de nota fiscal?
  • Como um emissor gratuito pode ajudar no seu negócio.
  • 5 bons motivos para você usar um emissor gratuito de nota fiscal

Junte-se a mais de 100.000 empresas.Comece agora a utilizar o sistema ERP MarketUP 100% gratuito.

O que é nota fiscal e para que serve?

De acordo com a definição da Fazenda, a Nota Fiscal Eletrônica – NFe — é um documento de existência apenas digitalmente, emitido e armazenado eletronicamente.

Tem a finalidade de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviço.

A segurança, integridade e validade dos dados é assegurada pela assinatura digital do remetente por meio de uma chave digital, que corresponde a sua autoria e a autorização de uso é fornecida pelo Fisco.

A empresa emissora de NFe gera um arquivo eletrônico contendo as informações fiscais da operação comercial, assina digitalmente e remete à Secretaria da Fazenda ou à Receita Federal, onde farão uma pré-validação e devolverão ao contribuinte um protocolo de recebimento (autorização de uso), sem o qual não poderá haver o trânsito da mercadoria.

Como documento de comprovação da operação que acompanhará o transporte da mercadoria, será emitido o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica – DANFE.

Feito em via única, com chave de acesso para consulta da NFe na internet e um código de barras para facilitar a captura e a confirmação das informações da NFe pelas unidades fiscais. A DANFE não é nem substitui a nota fiscal, é apenas um documento auxiliar para consulta da NFe.

Qual tipo de nota fiscal você precisa

Após entender o que é este documento fiscal e para o que serve você precisa identificar qual nota fiscal precisará para sua empresa. Existem as notas para as transações de compra e venda de produtos a NFe e as notas de serviços, as NFS-e.

NFe

A NFe é para designar a compra de um produto ou mercadoria do seu estabelecimento. Esta nota fiscal serve para produtos físicos, não para produtos digitais.

NFS-e

A NFS-e serve para documentar a prestação de serviços. Uma nota fiscal comum para os microempreendedores individuais.

E ainda há a nota fiscal para o consumidor que é a NFC-e muito utilizada no varejo.

Após identificar qual nota fiscal você precisa em seu estabelecimento, está na hora de saber como você faz a emissão da nota fiscal eletrônica.

infografico-fluxo-de-caixa

Saiba tudo sobre o projeto NFS-e Nacional

A NFS-e Nacional é um projeto do Governo Federal para criar um padrão para a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica em único layout para que possa ser usado em qualquer município do território nacional.

Projeto em desenvolvimento desde 2016 tem como objetivo simplificar os inúmeros padrões que se tem hoje para a NFSe e que causa dificuldades para empresários e desenvolvedores e parecer com o modelo 55, da NF-e.

A Receita Federal também está desenvolvendo o Ambiente de Dados Nacional da Nota Fiscal de Serviço eletrônica – ADN NFSe.

Com esse projeto, as plataformas das prefeituras deverão sincronizar as notas recebidas com o ADN NFSe e assim os empreendedores e contadores conseguirão consultá-las em todo ambiente nacional.

Além disso, outras vantagens serão implementadas para a NFS-e como:

Contribuintes poderão acessar painel com todas as notas emitidas, autorizadas, substituídas e canceladas;

  • Prefeituras poderão configurar serviços e alíquotas;
  • Contribuintes de contadores poderão visualizar online os dados das notas;
  • Entre outros recursos ainda não divulgados.

Os impostos da NFS-e

Sabemos que quem emite a NFS-e recolhe o imposto ISS que é o imposto sobre serviço. O ISS é um tributo arrecadado pelas prefeituras. Hoje, cada município é responsável pela declaração do ISS e por isso tem a autonomia de ter o seu próprio padrão de NFS-e . Por isso, o maior desafio é encontrar um projeto que seja aceito por todos os mais de 5.500 municípios brasileiros.

O Projeto ainda não tem data para ser implementado para os contribuintes.

 O  que é necessário para emitir uma NF-e

A NFe traz a segurança ao seu negócio, pois a nota fiscal eletrônica é transmitida pela internet facilitando o processo fiscal. Após identificar qual nota fiscal atende às necessidades do seu negócio, você precisa saber agora qual é o passo a passo para começar a emitir.

 1.Qual é o porte da sua empresa?

É necessário verificar qual é o regime tributário do seu negócio, pois cada regime tem os seus impostos específicos.  Para agilizar esse processo, peça ajuda a um contador.

 2.Tenha um certificado digital

Para emitir a NFe é preciso de um certificado digital que nada mais é que a assinatura digital da nota fiscal garantindo a segurança dos seus dados eletronicamente. Existem dois tipos de certificados: o A1 e o A3.

O certificado A1 é emitido através de um software e armazenado em um computador ou smartphone.  É um certificado mais barato com validade de um ano.

Já o certificado A3 funciona através de um token (pendrive). É o certificado mais utilizado. Ele pode ser instalado em qualquer computador e mais seguro que o A1, pois apenas o computador conectado com o token que consegue fazer as transações eletrônicas. E ele possui validade de 1 a 3 anos.

Através da Up. Store usuários da MarketUP conseguem aderir os certificados digitais com condições especiais.

3.Faça o credenciamento

Para a emissão dos documentos fiscais faça o credenciamento na Secretaria da Fazenda do seu estado.

4.Utilize um software

Para agilizar o processo fiscal de seu negócio utilize um software de emissão fiscal. Hoje em dia existem diversas opções no mercado. Mas na hora de escolher leve em consideração as características que irão atender a sua empresa.

Uma dica: Escolha aquele que irá te ajudar no dia a dia e ainda no seu financeiro, ou seja um emissor gratuito de Nfe.

DANFE

Você sabe o que é DANFE? 

Dentre os vários documentos que um empreendedor deve emitir diariamente, um dos que costuma causar mais dúvidas é o DANFE. A sigla é uma abreviação para Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Em poucas palavras, o DANFE é uma representação física da Nota Fiscal Eletrônica que deve acompanhar o trânsito de mercadorias. Ele serve para que o consumidor possa consultar os dados da compra de maneira simples e legível.

A emissão do DANFE é essencial principalmente em compras realizadas pela Internet para permitir a circulação de mercadorias. Isso porque os veículos de transporte que realizam as entregas dos produtos não podem circular sem possuir esse demonstrativo. Outra função importante do DANFE é colher a assinatura do destinatário para comprovar a operação durante a entrega da mercadoria. Além disso, o DANFE nunca deve substituir a emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

Que informações o DANFE deve conter?

 Como o DANFE consiste em uma versão simplificada da Nota Fiscal Eletrônica, o documento deve apresentar os principais dados fiscais. Devem constar data e horário de saída, placa do veículo de transporte, natureza da operação, descrição das mercadorias e destinatário. Assim como chave numérica e código de barras de acesso da NF-e para que o consumidor possa consultá-la pela Internet.

 O DANFE pode conter ainda algumas informações adicionais, como logo do emissor e os dados do transportador e da mercadoria. Contudo, essas informações não devem ocupar mais de 50% do verso do documento. Há também um layout padronizado que deve ser obrigatoriamente seguido e que está disponível no Portal da Nota Fiscal Eletrônica.

 Como emitir um DANFE online?

 O DANFE deve sempre ser emitido pelo remetente da mercadoria vendida antes de seu envio para o destinatário. Para evitar divergência entre DANFE e NF-e, o Ministério da Fazenda recomenda o uso do sistema de emissão da NF-e. Isso é muito fácil: é só você configurar o seu emissor de NF-e para emitir também o DANFE.

 Outra alternativa é utilizar um sistema de gestão único que possa emitir os dois documentos de maneira fácil e rápida. Por meio do ERP da MarketUP, o empreendedor pode emitir suas notas fiscais gratuitamente e ainda gerir todo seu negócio. Ele ainda permite acessar todas as informações da empresa em um único sistema online, além de agilizar o atendimento.

 Entenda Alteração da Sefaz: entenda o que mudou na consulta de XML do Fsist e DANFe online

Em novembro do ano passado foi publicado uma alteração no Diário Oficial da União, informando que a utilização do certificado digital passou a ser obrigatória a partir do primeiro dia de janeiro de 2019.

Como automatizar o processo de nota fiscal

Com a correria do dia a dia os clientes querem praticidade na hora de realizar uma compra seja qual for o estabelecimento. Por isso, o empreendedor precisa ficar atento a esse detalhe também.

Administrar um empreendimento não é tarefa fácil, pois há diversas áreas para gerenciar. E para facilitar todo esse processo você pode utilizar um software de gestão e vendas que além de te ajudar nas demandas diárias é totalmente gratuito.

É essa a proposta da MarketUP auxiliar no dia a dia do empreendedor com uma ferramenta altamente tecnológica e gratuita.

Através do software MarketUP você automatiza a sua nota fiscal e ainda ganha agilidade na hora de realizar sua venda. Pois todo o processo é feito em poucos minutos.

Com um software de gestão  e vendas MarketUP é possível realizar suas vendas através do PDV, emitir suas notas fiscais , controlar os produtos que saem do estoque , acompanhar o desenvolvimento da sua empresa através de Dashboards e relatórios e muito mais.

Adotando um software em seu estabelecimento você só terá benefícios e vantagens para sua empresa.

Como um emissor gratuito pode ajudar no seu negócio

Como você viu acima o software de gestão pode te ajudar em várias etapas do seu negócio não só na hora de emitir suas notas fiscais.

Se você for olhar os softwares de gestão disponíveis no mercado irá se deparar com diversas opções. Porém há um ponto a se observar: quanto custa uma plataforma de gestão?

Para um empreendedor que está iniciando o seu negócio  quanto menor for o gasto melhor são as chances de lucrar. mais com o seu empreendimento. Visto que no final do mês você precisa colocar na ponta do lápis todos os gastos mensais da empresa.

Segundo uma pesquisa do Sebrae 19% das empresas fecham em pouco tempo por falta de lucro. Ou seja, investe muito no empreendimento mas não tem esse retorno financeiro.

Junte-se a mais de 100.000 empresas.Comece agora a utilizar o sistema ERP MarketUP 100% gratuito.

Além disso, ter uma empresa que se sustente hoje está difícil. Pois o mercado não está promissor devido a crise financeira que cerca o nosso país.

Pensando em todos esses principais problemas que o micro e pequeno empreendedor passam no dia a dia a MarketUP oferece um emissor fiscal totalmente gratuito.

Além de ajudar o financeiro de sua empresa você consegue ficar em dia com as obrigações fiscais.

Mas, se você ainda tem dúvidas sobre como um emissor fiscal gratuito pode te ajudar. Separamos cinco bons motivos  para você utilizar um emissor gratuito de nota fiscal.

5 bons motivos para você usar um emissor gratuito de nota fiscal

#1 – Redução de custo

Quando falamos de uma plataforma gratuita já podemos associar a redução de custo. Com o emissor de notas gratuito MarketUP você consegue emitir NFe, NFSe, NFCe e Sat  sem pagar nada a mais por isso. Além disso as notas fiscais como: NFe, NFC-e e o SaT estão disponíveis para todos os estados brasileiros.

Ao utilizar um emissor fiscal gratuito é possível economizar mais de 20 mil reais ao ano. Com essa economia você empreendedor consegue investir em equipamentos, mercadorias ou até melhorar as instalações do seu negócio.

#2 – Integração com meios de pagamentos

Outra razão para escolher o emissor gratuito MarketUP é a facilidade com os meios de pagamentos. Não adianta ter eficiência na hora de realizar uma venda ou na automatização do processo de emissão fiscal. É muito importante também que a plataforma faça integração com meios de pagamentos.

E o emissor fiscal MarketUP possui.

Além de oferecer as funções comuns de pagamento como dinheiro, cartão débito e crédito temos outras facilidades.

A MarketUP se preocupa em oferecer uma boa experiência tanto para o usuário da plataforma como para os seus clientes. E por isso, temos diversas parcerias com vantagens em pagamentos.

Com o emissor fiscal gratuito MarketUP você pode disponibilizar boletos registrados pelo Wirecard . Assim, você só só paga o boleto se o seu cliente efetuar o pagamento. Com isso você garante mais tranquilidade à saúde financeira do seu estabelecimento.

Outra vantagem é que se você quiser inovar seu estabelecimento pode também oferecer pagamentos através de QR Code pelo parceiro Mercado Pago.

#3- Emissão Offline

Hoje em dia temos que estar preparados para todas as eventualidades não é mesmo? E se deparar com uma queda de conexão de internet é comum, pois a internet pode sofrer oscilações de sinal devido a condições climáticas e fatores externos.

Para o empreendedor ficar sem emitir seus documentos fiscais por conta de oscilações do sinal da internet pode representar um grande prejuízo. Por isso, o emissor fiscal gratuito MarketUP opera em modo offline.

Em caso de problemas com a internet você consegue emitir seus documentos fiscais em contingência através do emissor fiscal MarketUP. Ou seja, os documentos fiscais são autorizados depois automaticamente com a Secretaria da Fazenda. Assim você não possui problemas com suas vendas e nem fica sem emitir suas notas.

#4-  Compatibilidade com os certificados A1 e A3

Mencionamos anteriormente que para emitir nota fiscal eletrônica é preciso utilizar certificado digital. Hoje no mercado existe o A1 e o A3. O emissor fiscal MarketUP é compatível com todos os formatos de certificado digital.

O emissor MarketUP possui conexão direta com a Secretaria da Fazenda e emite seus documentos fiscais com muito mais tranquilidade e segurança.

#5 – Emissor de SAT fiscal

Para os empreendedores de São Paulo que precisam da integração com o aparelho SAT (Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos) o MarketUP faz a integração.

O SAT substitui os equipamentos ECF e também gera e autentica os CF-e-SAT – Cupons Fiscais Eletrônicos, e os repassa, via internet, periodicamente para a Secretaria da Fazenda.

CONCLUSÃO

Mesmo que o processo de emissão de notas fiscais seja burocrático você tem como obrigação emitir esses documentos fiscais para ficar dentro da lei.

Você consegue automatizar o processo de emissão com um emissor fiscal gratuito que te garante redução de custos e ainda facilidades para o seu empreendimento.

A MarketUP pode contribuir em todo o seu negócio desde a parte fiscal até a gestão da sua empresa sem cobrar nenhuma taxa. Tudo isso em prol da longevidade da sua empresa e do seu sucesso empresarial.

Por: Tainá Almeida


Junte-se a mais de 100.000 empresas.Comece agora a utilizar o sistema ERP MarketUP 100% gratuito.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários no Facebook