Notícias
26
set

A partir de 2023 as taxas nas máquinas de cartão terão limite de cobrança

O Banco Central estabeleceu limites para a cobrança de tarifa de intercâmbio (TIC) e para o prazo de liquidação de operações de cartões pré-pagos e de cartões de débito.

A TIC é a remuneração paga ao emissor do cartão, a cada transação, pelo credenciador do estabelecimento comercial, quem aluga as maquininhas de cartão para os comerciantes. 

Dessa forma, a nova regulação estabelece o limite máximo de 0,5% que deve ser aplicado em qualquer transação de débito e 0,7% nas transações de cartões pré-pagos.

Também deverá ser obedecido o mesmo prazo para a disponibilização de recursos aos estabelecimentos comerciais, mesmo se o cartão for débito ou pré-pago. 

A resolução foi adotada após consulta pública e entrará em vigor a partir de 1º abril de 2023. Segundo o órgão, esta tarifa representa um custo que o credenciador repassa ao estabelecimento comercial que repassa ao consumidor.

Em nota, o Banco Central explica que as medidas visam aumentar a eficiência do ecossistema de pagamentos, estimular o uso de instrumentos de pagamentos mais baratos, possibilitando a redução dos custos de aceitação desses cartões aos estabelecimentos comerciais.

Além de possibilitar reduções de custo de produtos aos consumidores finais, para proporcionar benefícios para toda a sociedade.

Segundo o governo, a medida também aumenta a transparência para os participantes do mercado quanto aos custos envolvidos nas transações e facilita a supervisão da aplicação da regra.

Torne seu atendimento mais eficiente com o PDV MarketUP

Novo limite para TIC débito

O BC esclareceu que, em relação à regulamentação anterior, a nova norma simplificou a forma de aplicação do limite para a TIC dos cartões de débito.

Anteriormente, havia uma definição cumulativa de média ponderada de 0,5% e valor máximo por transação de 0,8%.

Agora, passará a ser apenas de um percentual máximo por operação. A medida também elimina as exceções previstas para transações não presenciais e com uso de cartões corporativos. 

Sendo assim, no caso dos cartões pré-pagos, ao estabelecer o limite máximo do TIC, o Banco Central reconhece a “sua importância para a inclusão financeira da população de menor renda e para a digitalização das atividades de pagamentos, com a consequente redução da utilização dinheiro para realizar pagamentos“. 

Com isso, a uniformização do prazo de liquidação das transações, seja com cartões de débito ou pré-pagos, também possibilita melhores condições para a gestão de fluxo de caixa dos estabelecimentos comerciais, além de reduzir eventuais custos de antecipação de recebíveis.

Fluxo de Caixa e Meios de Pagamentos MarketUP

O MarketUP é um sistema online e gratuito, que auxilia o empreendedor a gerenciar o seu negócio com praticidade no dia a dia. Com ele, você gerencia seu fluxo de caixa com mais rapidez e agilidade, acompanhando suas movimentações financeiras em tempo real.

No fluxo de caixa MarketUP, você conta com vantagens como:

  • Múltiplas contas
  • Previsibilidade 
  • Histórico 
  • Dados em tempo real

Através dos parceiros MarketUP, você também tem diversas condições de pagamentos disponíveis para facilitar seus processos de finalização das vendas. 

Pagamentos e Recebimentos com PIX integrado ao PDV

Com o MUP Banking, você integra o PIX no seu PDV e conta com vantagens exclusivas como taxa de juros vantajosas, valores atrativos e descontos exclusivos para pequenos negócios. 

Assim, você oferece pagamentos e recebimentos para seus clientes através de QR Code gratuitos, integrando o PIX ao seu PDV, tornando seu processo de venda muito mais rápido e simplificado.

Dessa forma, você automatiza seus processos internos e oferece comodidade e uma boa experiência de compra para seu consumidor. 

Acesse agora mesmo nosso site e crie sua conta grátis

Fonte: Agência Brasil

Leia mais: 

Como iniciar o fluxo de caixa

O que você precisa saber sobre fluxo de caixa para e-commerce

Fluxo de Caixa e DRE: Por que eles são importantes para o seu negócio

Gostou do conteúdo? Fique de olho no Canal PME para entender mais sobre todos os principais temas do mercado e conhecer em primeira mão as novidades da MarketUP

Aproveite também para seguir a MarketUP nas redes sociais agora.

Autor:

Amanda Almeida