Como abrir uma franquia? Veja aqui Empreendedorismo
23
maio

Como abrir uma franquia? Veja o que é e como funciona

No mundo do empreendedorismo, existem diversos modelos de negócios e com certeza um deles cabe no que você está planejando. Abrir uma empresa totalmente do zero é desafiador, principalmente no início e na parte de construção da marca e fidelização. Para esses casos, existe o modelo de negócio de franquia, na qual é possível abrir uma loja de uma marca já consolidada do mercado, entenda mais sobre esse modelo e como abrir franquia.


Como abrir uma franquia?

Antes, é importante falar mais detalhadamente sobre a franquia. É um modelo de administração de negócios na qual a marca fornece o direito de utilização da marca para pessoas que querem abrir novas unidades dessa marca. Um exemplo prático de como funciona uma franquia é com uma rede de fast-food. É humanamente impossível uma pessoa cuidar de todas as unidades, então eles dão a “permissão” para que outro empresário possa administrar.


Nada disso é de graça. Para você conseguir abrir uma franquia, precisa pagar uma taxa de franqueado, que é  “licença” para poder usar o nome e toda a identidade visual da marca. Tanto os preços quanto os pré-requisitos variam muito, dependendo de qual segmento, o tamanho da franquia que você quer abrir e por aí vai.


O principal nesse caso, para que você que gostaria de abrir algo, é pesquisar qual nicho você quer entrar e, a partir daí, analisar quais franqueadoras oferecem os melhores benefícios.


Invista no marketing digital da sua empresa com os parceiros da MarketUP. Conheça agora mesmo.

Como funciona uma franquia?

 

O dia-a-dia de uma franquia se assemelha muito a de qualquer empreendedor (afinal, um franqueado não deixa de ser), mas existem algumas peculiaridades que são diferentes e que fazem total diferença.


Como a empresa não “nasceu do zero”, há uma série de regras e contratos, evidenciando o que se pode e não se pode fazer, afinal, toda marca tem uma reputação a zelar. Essas regras estão sempre no contrato, quando assinado, com a franqueada e devem ser claras, segundo a Lei nº 8.955/1994, conhecida como “lei das franquias”.


Essas regras variam muito de empresa para empresa, mas as mais comuns são a padronização dos produtos oferecidos e a identidade visual da marca.


Mas não significa — longe disso, aliás — que a gestão é engessada. A maioria das franqueadoras estão abertas a ouvirem de seus franqueados sugestões de melhorias, opiniões e até a liberdade de testar processos e produtos novos, mas óbvio, tudo tem que ter o consentimento e a aprovação, até para evitar ruídos e, em casos mais graves, a ruptura do contrato.


Os gastos também são um ponto importante a ser falado. Após o pagamento da taxa de franquia, que é pago no começo para poder usar o nome e logo da marca, existem também os pagamentos mensais que devem ser feitos: royalties, fundo de propaganda são os mais comuns. Como dito anteriormente, os valores, a recorrência e até eventuais taxas adicionais vão variar de acordo com a franquia escolhida.


Precisa de muito dinheiro para abrir uma franquia?

 

A resposta é não. Para falar a verdade, existem diversos modelos de franquias, inclusive, que não precisa nem de um lugar físico, podendo trabalhar em home-office apenas pelo computador.


Os valores ficam abertos e tudo é uma questão de qual segmento mais te interessa abrir uma franquia. E mesmo assim, dentro do próprio segmento, há diferenças de preços altas. Por exemplo, no segmento de alimentação, um quiosque de açaí custa bem menos que um restaurante.


Existem franquias que custam mil, dois mil reais e outras que conseguem ultrapassar a barreira do milhão. Como sempre, varia do modelo de negócio que você está disposto a investir e o quanto de investimento inicial você tem.


As principais vantagens de abrir uma franquia


Agora que você está por dentro de como funciona o ecossistema de uma franquia, chegou a hora de falar sobre as principais vantagens de se abrir uma loja nesse modelo de negócio.


1- Processos e modelos já testados


Para ser uma franquia, toda empresa precisa ter os processos testados e um modelo de negócio bem estabelecido, para que seja possível os franqueadores replicarem um modelo de negócio bem estruturado e padronizado. Isso torna o processo mais fácil, afinal, não será preciso quebrar a cabeça para pensar em métodos de trabalho.


2- Apoio ao franqueado


A grande maioria das franqueadoras possuem diversos tipos de auxílio para os franqueados (afinal, é a marca dela que está em jogo) e se tornam uma verdadeira mão amiga no começo dessa jornada.


Não é um padrão, mas muitas ajudam nos processos, desde encontrar um local para o ponto, contratação e capacitação dos funcionários, contato com os fornecedores, além de um suporte para que, ao longo da jornada, possam ser tiradas dúvidas e até a solução de problemas.


3- Credibilidade


Um dos maiores desafios ao abrir uma empresa é construir a sua reputação e virar uma referência para o nicho de mercado. É um caminho difícil e competitivo, que pode levar vários anos para acontecer.


Uma franquia é como “um atalho” para quem quer ter esse reconhecimento no seu negócio. Ao abrir uma franquia, você carrega junto toda a história de credibilidade da franqueadora com você, tendo uma vida menos difícil para a captação de clientes e a fidelização deles, o que é de grande importância no começo.


 

Com os parceiros da MarketUP, você tem acesso a ferramentas para otimizar a divulgação dos seus produtos e serviços e se destacar no mercado. Saiba mais.


Concluindo…


Abrir uma franquia pode ser um caminho lucrativo e vantajoso para muitos empreendedores que sonham em ter um negócio próprio com um renome já estabelecido no mercado.


Mas antes de ir assinando os contratos, é mais que importante analisar a fundo o cenário do nicho escolhido, o ponto em que o empreendimento ficará e principalmente a parte do contrato sobre o que se pode e o que não se pode fazer.

Porque, apesar do seu negócio, você não é o dono da marca e, por conta disso, existem regras e condutas que devem ser seguidas. Caso isso não seja um empecilho, pode ter certeza que uma franquia é uma ótima alternativa.


Leia mais 


Se quiser mais dicas sobre o mundo da gestão de negócios, confira estes outros artigos:


Gostou do conteúdo? Fique de olho no Canal PME para entender mais sobre todos os principais temas do mercado e conhecer em primeira mão as novidades da MarketUP


Aproveite também para seguir a MarketUP nas redes sociais agora.


Compartilhe!

Autor:

Marcello Sapio