Crie sua conta agora mesmo

e comece a administrar  sua empresa

com o MarketUP.

Faturamento do e-commerce cresce mais de 7% na Black Friday

Faturamento do e-commerce cresce mais de 7% na Black Friday

O e-commerce brasileiro registrou alta de 7,1% no seu faturamento com as vendas da Black Friday 2021 em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são de um levantamento da empresa Neotrust divulgado nesta terça-feira, dia 20 de novembro. O estudo englobou o período da meia-noite de quinta-feira (25 de novembro) até às 23h59 do domingo (28 de novembro).

 

Ao todo, o faturamento de Black Friday somou R$7,52 bilhões neste ano, com um ticket — valor gasto — médio de R$654,06, 7,2% maior que em 2020. O preço médio do frete caiu 8%, chegando a R$20,02. O número de pedidos, entretanto, registrou uma leve queda de 0,2%, fechando em 11,5 milhões.

 

Cartão de crédito foi o principal meio de pagamento na Black Friday

 

O cartão de crédito continua sendo o principal meio de pagamento escolhido pelos clientes: ele foi  usado em 82,4% dos pedidos feitos em lojas virtuais. O Pix, sistema de pagamentos instantâneos e novidade na Black Friday 2021, foi utilizado para pagamento em 3,5% dos pedidos.

 

A pesquisa também coletou dados sobre o perfil dos consumidores. De acordo com a Neotrust, 35% dos compradores têm entre 26 e 35 anos, 34% entre 36 e 60, 16% até 25 anos e 15% com mais de 51 anos. As mulheres foram a maioria dos compradores, com 57% de participação.

 

A região Sudeste manteve a dominância na participação dos pedidos, sendo responsável por 60% do total, seguida pelo Nordeste (17%), Sul (15%), Centro-Oeste (6%) e Norte (25). O estado do Amazonas teve o maior crescimento no número de pedidos (26%), e o Rio de Janeiro, o menor (6%).

 

Cyber Monday também registrou alta no faturamento de 2021

 

Há alguns anos, a Black Friday é sucedida pela chamada Cyber Monday, que também surgiu nos Estados Unidos e acontece sempre na segunda-feira seguinte ao evento da sexta-feira. Nela, porém, os descontos são exclusivos para o e-commerce. Neste ano, ela ocorreu no dia 29 de novembro. De acordo com os dados levantados pela Neotrust, as lojas virtuais tiveram um faturamento de R$827 milhões na data, um valor 17,7% maior que o de 2020. O número de pedidos teve uma alta de 6,9% e chegou a 1,62 milhões, enquanto o ticket médio subiu para R$509,53, com crescimento de 10,1%.


Redação MarketUP | Fonte: CNN Brasil