Crie sua conta agora mesmo

e comece a administrar  sua empresa

com o MarketUP.

gestão financeira

Gestão Financeira: O que é, para que serve e como fazer

A gestão financeira está no íntimo do negócio, pois é a área responsável por fornecer recursos para que toda a operação possa efetivamente existir como um todo.

 

Os profissionais de gestão financeira têm responsabilidades importantes para lidar com o dinheiro da empresa, pagar contas e trabalhar para identificar despesas desnecessárias.

 

Independentemente do porte da empresa, é imprescindível investir em uma boa gestão financeira para administrar adequadamente os recursos da empresa. Desta forma, pode reforçar a sua presença no mercado, apostar em novos investimentos e desenvolver o seu negócio.

 

O primeiro passo é ter uma plataforma profissional para auxiliá-lo nessa função. O sistema MarketUP é a melhor plataforma do mercado que o ajudará a controlar as suas contas, automatizar a sua gestão e facilitar a sua vida.

 

Para ajudar o seu negócio, o Canal PME separou as principais informações sobre Gestão Financeira e como ele é essencial para o sucesso do seu negócio. Confira! 

 

O que é gestão financeira?

 

A gestão financeira é um conjunto de atividades e processos de gestão que incluem a análise, planejamento e controle das atividades financeiras de uma organização.

 

Quer administrar com mais facilidade os recebimentos do seu negócio? Conheça a MarketUP.

 

Portanto, toda empresa deve adotar a gestão financeira. Graças a ele, você pode analisar cenários, definir metas, prazos e acompanhar os resultados da empresa.

 

Com uma gestão financeira eficaz, uma empresa consegue entender quanto deve receber, quanto deve pagar e qual é o equilíbrio entre essas duas variáveis.

 

Para que serve uma gestão financeira?

 

A gestão financeira equilibrada empresa com suas receitas conservadas como lucrativas.

 

Mas não vamos nos limitar à teoria: nem todas as empresas lucram o suficiente.

 

Mas é justamente por falta de uma boa gestão financeira que muitos deles não conseguem se reerguer. Uma questão abrangente, mas que afeta principalmente as PME.

 

Não à toa, segundo o Serasa Experian, 94,2% dos endividados são micro e pequenas empresas.

 

Para reverter isso, é uma boa ideia focar na gestão financeira.

 

Com isso, é possível pavimentar o caminho para o sucesso da operação da empresa, beneficiando sua condição financeira e promovendo o crescimento.

 

Como fazer uma gestão financeira eficiente?

 

Melhorar a gestão financeira é um objetivo comum de muitas. No entanto, é necessária uma ação para alcançar resultados reais.

 

Saiba agora como melhorar o desempenho e assumir o controle da saúde financeira da sua empresa.

 

Faça um bom planejamento

 

O planejamento financeiro estratégico é essencial para organizar as atividades dentro de uma empresa, priorizando e planejando os recursos necessários para realizar essas atividades.

 

É durante o planejamento que a equipe de gestão financeira deve analisar o cenário de macroescala (sem desconsiderar a microescala) e definir metas e objetivos.

 

No planejamento estratégico, as métricas são definidas e revisadas juntamente com as ferramentas de monitoramento de desempenho.

 

Saiba controlar os custos 

 

Mais do que apenas uma fração do seu fluxo de caixa, é imperativo entender quais são suas prioridades no final do mês.

 

De fato, conhecer o tipo de custos é um dos fatores que proporciona maior precisão na precificação de um produto ou serviço. Isso é pura inteligência de negócios.

 

Isso lhe dará informações sobre o que é necessário e o que pode ou deve ser cortado, tornando cada máquina mais eficiente e barata.

 

A chave para manter essas cobranças sob controle é mapeá-las para sua fonte para que estejam sempre atualizadas.

 

Dessa forma, você pode monitorar seus movimentos e tomar medidas rápidas, se inferidas.

 

Que tal emitir as notas fiscais eletrônicas do seu estabelecimento de forma totalmente gratuita? Conheça o nosso sistema. 

 

Defina indicadores de desempenho 

 

Ao desenvolver um plano, é importante considerar os KPIs, os indicadores-chave de desempenho mais adequados. Principalmente KPIs de receita, liquidez corrente, lucro líquido, margem de lucro, ponto de equilíbrio e margem de contribuição.

 

Gerencie o fluxo de caixa 

 

Controlar o fluxo de caixa ajudará você a entender a saúde financeira do seu negócio, principalmente no curto prazo. Para isso, você deve ficar de olho nas despesas e receitas da empresa.

 

Ao organizá-los de acordo com os princípios da boa gestão financeira, você tem um potencial excepcional.

 

A gestão do fluxo de caixa permitirá à sua empresa prever, planejar e controlar as entradas e saídas de caixa.

 

Com isso, fortalece sua própria condição financeira, antecipa decisões e desenvolve seu capital de giro.

 

Estabeleça metas

 

Essas metas servirão como diretrizes para o trabalho por um determinado período de tempo. Por isso, é importante defini-los de acordo com os objetivos da empresa.

 

Se você quiser crescer, talvez seja necessário aumentar o faturamento, mas isso também aumentará o custo.

 

As métricas acima são fundamentais nesse processo e servem de parâmetro para entender o progresso do setor em relação às metas.

 

Use tecnologia

 

Quando se trata de gerenciar as finanças da sua organização, uma coisa é certa: você estará lidando com uma quantidade infinita de dados. Aqui estão os números e muito mais.

 

Então você precisa avaliar se você tem os recursos para fazer bem o trabalho.

 

Uma melhor gestão financeira só pode ser conquistada usando tecnologias como software de gestão.

 

É possível fazer esse processo manualmente, mas o potencial de erro é enorme – e é claro que se torna muito ineficiente.

 

A resposta é um sistema técnico de gestão financeira que centraliza todas as responsabilidades operacionais do departamento.

 

Então você é responsável pela estratégia, e a solução técnica cuidará do resto automaticamente.

 

Os principais erros da gestão financeira

 

Saiba o que pode atrapalhar uma boa gestão financeira e o dinheiro descontrolado da empresa.

 

Falta de ferramentas de controle

 

Se uma empresa usa apenas uma planilha para gestão financeira, em algum momento ela ficará cheia de bugs e confusa.

 

O ideal é ter um software ERP que integre vários domínios de negócios para uma análise mais ampla e compatibilidade de dados.

 

Em relação às cobranças, há também a necessidade de acompanhamento dos clientes adimplentes e adimplentes. Isso é facilitado pelo software MarketUP, que fornece um painel completo para seu controle de receitas e despesas.

 

Com o MarketUP, você ganha tempo com um processo de emissão de NFs mais ágil e menos burocrático. Entenda mais.

 

Contas misturadas

 

Em empresas menores, a conta de despesas pessoais do parceiro costuma ser confundida com uma conta corporativa. Este é um dos principais erros que afetam a gestão financeira.

 

Isso porque o fluxo de caixa da empresa se deteriorou, o que pode afetar os investimentos de gastos estratégicos.

 

Para evitar que isso aconteça, é importante definir a equipe de suporte, respeitá-la mesmo em caso de emergência e manter a conta pessoal do dono separada da conta corporativa.

 

Falta de prioridades

 

É esseencial entender seu negócio e quais atividades têm maior impacto em seus resultados.

 

Se você possui uma academia, pode ser mais estratégico investir recursos em equipamentos de qualidade para manter seus membros em primeiro lugar do que comprar um super servidor para o seu site.

 

No geral, você precisa analisar e decidir onde investir seu capital de giro.

 

 

Gestão ineficiente de estoque

 

Se sua empresa utiliza produtos físicos e possui estoque próprio, os erros mais comuns na gestão de estoque podem prejudicar a saúde financeira do seu negócio.

 

Isso acontece porque os empresários podem perder produtos sem saber e mesmo investir capital desnecessariamente em produtos de baixo volume se não controlarem o estoque.

 

Por fim, outro erro comum devido à falta de visibilidade do estoque pode ser deixar de repor produtos importantes e perder vendas por falta de entrega. Isso cria um desequilíbrio nas vendas e, claro, nos controles financeiros.

 

É essencial ficar de olho nessa importante fonte de custos para o seu negócio.

 

Antecipação de recebíveis descontrolada

 

Para muitos empreendedores que aceitam cartão de crédito como forma de pagamento, a perspectiva de contas a receber é um atrativo.

 

Antecipação é uma opção oferecida pelo operador da máquina para que o empresário possa receber suas vendas com cartão antes do prazo padrão.

 

Por exemplo, em uma venda a crédito, leva cerca de 30 dias para o operador transferir o dinheiro para o comerciante. Bem, nas vendas a prazo, o prazo é estendido com base no número de parcelas.

 

Muitos empreendedores então optam por pagar adiantado para receber o dinheiro mais rápido e cobrir despesas emergenciais. Neste caso específico, este recurso é melhor do que recorrer a um empréstimo porque as taxas são mais competitivas.

 

Mas se isso se tornar um hábito, pode afetar muito o controle financeiro da empresa no longo prazo. Por isso, é aconselhável ter muito cuidado com as expectativas e buscar o melhor preço antes de executar.

 

Como realizar o planejamento financeiro da empresa

 

Todo negócio de sucesso precisa de dinheiro, e aprender a gerenciar suas finanças é o primeiro passo para o bem-estar financeiro.

 

Descubra como determinados métodos e ferramentas podem simplificar o processo de gestão financeira da sua empresa e aumentar sua eficiência.

 

Confira nossas dicas e aproveite essa oportunidade para implementar essas estratégias no seu negócio!

 Junte-se a nós e compartilhe este vídeo com seus amigos.

 

Conclusão

 

Como você pode ver neste guia, gerenciar suas finanças é a chave para organizar e desenvolver uma estratégia para expandir seus negócios.

 

Entre os pontos mais importantes para uma gestão eficaz, podemos destacar a necessidade de acompanhar a integralidade dos resultados da empresa, focar no fluxo de caixa, elaborar e respeitar orçamentos.

 

Além disso, é possível contar com o apoio de profissionais com experiência em gestão financeira e investir na utilização de tecnologia que pode simplificar e um sistema de gestão que otimiza os processos internos da empresa.

 

Só com organização, inovação e planejamento podemos ir mais longe! Coloque nossos conselhos em prática e dê um futuro promissor ao seu negócio.

 

Se você quiser saber mais sobre como fazer uma gestão financeira assertiva na sua empresa, confira estes outros artigos:

 

 

Gostou do conteúdo? Fique de olho no Canal PME para entender mais sobre todos os principais temas do mercado e conhecer em primeira mão as novidades da MarketUP! 

 

Aproveitei também para acessar o nosso site, conhecer mais sobre os nossos produtos e serviços e criar sua conta 100% gratuita.

 

Compartilhe nas redes sociais!