Usuário

Informe abaixo os dados para a criação do usuário que será o administrador do sistema

Domínio

Crie um endereço exclusivo para sua empresa acessar o sistema de gestão MarketUP

CONTA CRIADA COM SUCESSO!

Para ativar sua conta e começar a utilizar o MarketUP, basta seguir as instruções enviadas para o e-mail abaixo, utilizado no seu cadastro de administrador.

OCORREU UM PROBLEMA!

Não foi possível, neste momento, completar sua solicitaçao e criar sua conta no MarketUP. Pedimos desculpas pelo ocorrido e solicitamos que tente novamente.

TENTAR NOVAMENTE
Crie sua conta em
1 Minuto
100% grátis

O que é plano de negócios

MarketUP > O que é  > O que é plano de negócios

O que é plano de negócios

Elabore um plano de negócios para sua empresa e evite erros futuros

 

Está pensando em empreender? Então um dos pré-requisito básico para o empreendedor iniciar esse processo é desenvolver um plano de negócios.

 

Nele, é possível colocar no papel todos os passos e ideias de sua empresa, ou seja, uma ferramenta de gestão para funcionários e parceiros saberem quais são as missões e objetivos do negócio.

 

O plano de negócios demonstra a viabilidade do seu empreendimento sob diversos pontos de vista – estratégico, mercadológico, operacional e financeiro, por exemplo.  Basicamente é um mapa no qual os caminhos a serem percorridos para que sua empresa dê certo.

 

Vantagens do Plano de Negócios:

 

  • Elaboração de simulação de cenários favoráveis e não favoráveis
  • Conhecer os possíveis problemas que podem surgir já para ter direções para solucionar
  • É possível comparar o que foi previsto nele com o que está sendo realizado. Isso torna mais fácil a identificação e correção de desvios.
  • Obtenção de financiamento
  • Caso você tenha verificado a necessidade de investimento de terceiros, um bom Plano de Negócios facilita a apresentação de seu empreendimento e, consequentemente, a captação de financiamento.

Por onde começar?

 

Entenda seu ramo de negócios. Desenhe respostas sobre sua empresa como:

 

  • Qual foi a oportunidade de mercado que você visualizou?
  • Quais questões de seu público-alvo serão atendidas?
  • Qual é o segmento de atuação e diferenciais de sua empresa?

Começar a entender o mercado em que pretende atuar e qual será o seu público alvo são passos importantes antes de empreender. Por isso, avalie o cenário do mercado em que iniciará negócios. E após isso entenda o perfil do seu público alvo, pois são eles que garantirão o sucesso da sua empresa.

 

Começar a entender o mercado em que pretende atuar e qual será o seu público alvo são passos importantes antes de empreender. Por isso, avalie o cenário do mercado em que iniciará negócios. E após isso entenda o perfil do seu público alvo, pois são eles que garantirão o sucesso da sua empresa.

 

Qual é o seu diferencial?

 

Descobrir qual serviço ou produto para sua empresa não é uma tarefa fácil e envolve várias pesquisas e testes. O empreendedor precisa entender uma necessidade ou problema para ser solucionados através de seu negócio.

 

Em outras palavras, ninguém compra uma roupa pelo simples fato de ela ser bonita, mas sua motivação pode ser o status social que a roupa traz, a necessidade de se vestir, uma questão de estilo de vida — como é o caso das roupas esportivas — ou por entenderem que o preço está abaixo do que seria justo para adquirir aquela roupa.

 

Por isso, antes de pensar em produtos ou serviços, entenda quais serão as necessidades que eles atenderão e quais serão as motivações das pessoas para comprá-los.

 

Questões financeiras

 

O montante de capital a ser investido é importante, porém saber qual será o capital de giro também. Visto que no início de qualquer negócio é bom estar preparado caso não tenha um bom faturamento para suprir as demandas do dia a dia da empresa. Além disso estabelecer qual será o faturamento mensal estimado e o lucro fazem parte do processo do plano de negócios. Após investir, é normal que o empreendedor espere um retorno financeiro. Por isso, determine o prazo em que espera que o capital investido dê retorno.

 

Lide com imprevistos

 

Os imprevistos chegam para testar se você é capaz ou não de ultrapassar um obstáculo! E, para isso, você pode muito bem se apoiar ao marketing para dar a volta por cima e criar manobras rumo ao sucesso. Em um plano de negócios, o que não falta são os imprevistos. Por isso, esteja preparado para solucionar o que vier pela frente.

 

Sem dúvidas, montar um plano de negócios é um processo difícil, porém muitos empreendedores enxergam a necessidade de implementar um plano, mas esquecem de acompanha-lo para verificar se as etapas estão sendo cumprida.

 

 Ficar atento as estratégias desenvolvidas eliminam as chances de existir erros. Por isso, muitos problemas e erros podem ser evitados se o empreendedor colocar em prática o plano de negócios.

 

Como fazer um Plano de Negócios?

 

Crie um sumário onde conterá todas as informações mais importantes.

 

Você deve incluir:

  • Descrição do seu empreendimento e o diferencial dele no mercado.
  • Missão do seu negócio.
  • Descrição do perfil dos empreendedores e dos funcionários – caso ainda esteja recrutando, isso irá te auxiliar nos processos seletivos!
  • Quais serão os produtos, serviços e os principais benefícios.
  • Quem são os clientes da sua empresa.
  • Localização – se existir uma sede física.
  • Qual será o investimento total.
  • Forma jurídica.
  • Enquadramento tributário

 Após reunir todas as informações mais importantes, comece analisar

 

Análise de Mercado

 

Busque entender quem são seus clientes, como está a concorrência e como trabalhar com os fornecedores.

 

Clientes

 

Segmente o público. Quem são a pessoas que você pretende trabalhar? É preciso entender quem são eles e quais os seus hábitos de compra. Algumas perguntas podem ajudar:

  • Meus clientes são pessoa física ou jurídica?
  • Qual a faixa etária, gênero, escolaridade e estado civil deles?
  • Com que frequência eles costumam comprar o meu tipo de produto ou serviço?
  • Onde compram?
  • O que os leva a procurar por esse produto ou serviço?

Concorrência

 

São aqueles que estão no mesmo ramo que você. É extremamente importante ficar de olho neles! Observe os concorrentes para ver o que é preciso fazer no seu negócio quanto o que não se deve fazer. Além disso, a concorrência pode ser a oportunidade de você entender como está o ramo, preços, diferenciais, qualidade de produtos e serviços entre outros.

 

Fornecedores

 

Aqueles que irão disponibilizar matéria-prima, equipamentos e outros bens necessários para o funcionamento do seu negócio. Pesquise em vários canais para comparar em qual sua empresa terá melhor custo-benefício.

 

Plano de marketing

 

É nesse campo que você irá descrever todas as informações de seus produtos, como cores, tamanhos, qualidade etc. E apresentar quais estratégias irá implementar para realizar a venda e como pretende que seu produto/ serviço chegue até o consumidor. Algumas perguntas podem te orientar:

 

  • O que é o meu produto ou serviço? O preço está adequado à qualidade?
  • Como ele se destaca da concorrência?
  • Qual é o comportamento de compra do meu cliente?
  • Como o meu produto chegará até ele?
  • Vou vender em loja física ou online? Haverá entrega?
  • E o mais importante: Como o cliente saberá que o meu produto existe?

Plano operacional

 

A etapa em que você irá descrever o funcionamento do seu negócio.  Nele, você irá demonstrar os passos necessários para a venda do seu produto ou para a prestação de serviço da sua empresa. Neste item deve conter o tempo para realizar uma venda ou prestar um serviço, quantidade e qualificações de funcionários, disposição espacial do seu negócio, se há setores, departamentos e como serão. Incluir um desenho ou uma planta de como você pretende o negócio é uma boa ideia para entender e visualizar.

 

Plano Financeiro

 

Após desenhar e analisar várias etapas do seu empreendimento. Trace um plano financeiro! Coloque tudo que envolva dinheiro, desde gastos, investimentos e capital de giro em todas as ações planejadas no Plano. Para escrever o plano financeiro, pense no custo de tudo que você já escreveu até agora: Matéria-prima, fornecedores, equipamentos, estabelecimentos físicos, domínios e hospedagem de lojas online, salários, marketing, etc.

Lembre-se que são estimativas e tente estar mais próximo possível da realidade. A partir daqui o empreendedor consegue visualizar se o investimento inicial partirá de investidores, bancos ou terceiros. Após estruturar seu plano de negócios, analise todas as informações e se pergunte

 

Vale a pena me arriscar e abrir esse negócio? Se a resposta for sim, invista!

 

Por: Tainá Almeida

 

Veja mais:

> Como abrir e montar uma empresa do zero e ter o próprio negócio

5 ideias de negócios lucrativos para você apostar em 2019

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    5
    Shares

Comentários no Facebook