Usuário

Informe abaixo os dados para a criação do usuário que será o administrador do sistema

Domínio

Crie um endereço exclusivo para sua empresa acessar o sistema de gestão MarketUP

CONTA CRIADA COM SUCESSO!

Para ativar sua conta e começar a utilizar o MarketUP, basta seguir as instruções enviadas para o e-mail abaixo, utilizado no seu cadastro de administrador.

OCORREU UM PROBLEMA!

Não foi possível, neste momento, completar sua solicitaçao e criar sua conta no MarketUP. Pedimos desculpas pelo ocorrido e solicitamos que tente novamente.

TENTAR NOVAMENTE
Crie sua conta em
1 Minuto
100% grátis

Saiba alguns riscos comuns que sua empresa pode correr

MarketUP > Mercado  > Saiba alguns riscos comuns que sua empresa pode correr
Saiba alguns riscos comuns que sua empresa pode correr

Saiba alguns riscos comuns que sua empresa pode correr

Por mais que o empreendedor tome os cuidados devidos, o negócio sempre está sujeito a riscos

 

Administrar o próprio negócio e alcançar o sucesso com ele é o sonho de todo empreendedor. Seja coordenando as atividades de uma pequena loja de bairro ou gerenciando uma rede de grande porte, o maior desejo é a prosperidade pessoal e financeira. Porém, não há como cuidar do próprio negócio e escapar das dificuldades inerentes à atividade. Há alguns riscos que a empresa pode correr ao longo de sua existência, isso é natural.

 

Alguns fatores de risco ao negócio estão além da capacidade do empreendedor em evitá-los. Exemplos comuns são a recessão na economia do país ou o aumento nas tarifas para pessoa jurídica. Por isso, uma boa maneira de contornar as dificuldades tradicionais da administração da própria empresa é entender a iminência dos problemas, o potencial de assimilação das dificuldades pelo negócio e, claro, ter um bom planejamento para contorná-las.

 

Abaixo, selecionamos alguns riscos que uma empresa pode correr e os caminhos possíveis para administrá-los de maneira segura; confira:

 

 

SAZONALIDADE

 

Definida como “o que é temporário, que é típico de determinado período”, a palavra “sazonalidade” costuma ser um risco comum para a saúde dos negócios dos empreendedores. No âmbito empresarial, ela pode ser entendida como diminuição na demanda por um produto ou serviço em determinadas épocas. Para melhor exemplificação, pode-se considerar sazonais alguns produtos como panetones, aquecedores de ambiente ou agasalhos. Ou seja, são itens que têm maior alta nas vendas no período do Natal e inverno, respectivamente. Para contornar esse risco à empresa, o empreendedor precisa considerar o tamanho da diminuição nas vendas e a capacidade de deixar o negócio aberto. É comum que empresários contratem mão de obra temporária, diminuam a produção ou disponibilidade de serviços, invistam em outros produtos, trabalhem com foco no estoque ou, em último caso, fechem o negócio temporariamente.

 

 

IMPACTO ECONÔMICO

 

A retração generalizada na atividade econômica de um país é um risco aos mais diversos tipos de negócios. Em boa parte dos casos em que há um impacto negativo na economia nacional, por exemplo, o desemprego aumenta. Com isso, o poder de compra da população tende a cair e, consequentemente, também diminui o lucro de empresas que precisam vender itens para prosperar. A recessão e estagnação da economia, no entanto, não deve ser confundida com a sazonalidade. Enquanto este último problema costuma ser passageiro, específico de uma época, a recessão pode ser contínua por um tempo maior. Para lidar com essas agruras possíveis para quem tem o próprio negócio, é preciso se reinventar no segmento, ter um teto máximo de gastos e estabelecer cortes necessários.

 

 

BARREIRAS À ENTRADA

 

Por definição, pode-se entender “barreiras à entrada” como fatores que dificultam o início e estabelecimento de um negócio em determinado segmento. Como exemplos comuns nestes casos, há o alto investimento necessário para iniciar um negócio e exigências legais para manter a empresa aberta. Nestes casos, pode ser interessante encontrar um nicho dentro da área de atuação e investir nele de forma assertiva, já será possível diminuir gastos de implementação e até reduzir exigências legais a depender do porte da empresa.

 

POR: Rudiney Freitas

 

VEJA MAIS

> Como a Síndrome de Burnout afeta a vida do empreendedor

> Veja como quitar as dívidas de seu estabelecimento

> Aprenda como ser mais proativo no trabalho em 5 passos

  

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários no Facebook