Últimas postagens

Ver todos

Conheça alguns benefícios da Nota Fiscal Eletrônica

Saber alguns benefícios da Nota Fiscal Eletrônica é fundamental para os empreendimentos emissores, se informar sobre esta forma de fisco te deixa mais preparado

 

A Nota Fiscal Eletrônica surgiu como uma alternativa mais prática para a emissão de notas fiscais, modernizando esse processo para as empresas, além de efetivamente reduzir custos e melhorar o controle da Receita Federal contra fraudes fiscais. Caso você tenha dúvidas sobre como a NF-e pode impactar positivamento no cotidiano do seu negócio, acompanhe o nosso post de hoje em que apresentaremos alguns dos benefícios da nota fiscal eletrônica.

 

Praticidade

 

Uma das principais vantagens da NF-e é a agilidade de comunicação entre a empresa emissora e a Receita Federal. Ao gerar uma nota fiscal eletrônica, as informações são repassadas automaticamente via internet para a Receita. É importante lembrar que todos os dados de uma operação com emissão de NF-e ficarão disponíveis para consulta na internet. Os dados são acessados através de uma chave de segurança emitida no DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica) – via impressa única com uma versão simplificada da Nota para o trânsito de mercadorias.

 

Redução de custos

 

Um relatório da Billentis, empresa especializada em faturamento eletrônico, informa que a redução de custos nas finanças de uma empresa emissora de notas eletrônicas pode chegar até 80%, se comparado com o faturamento tradicional em papel.

 

O relatório ainda explica que o investimento necessário para o processamento das notas possui um prazo médio de retorno de seis meses. Esse fator aponta para um caminho de inovação aliada com a redução de custos. “Atualmente, os departamentos de finanças enfrentam um ambiente de negócios complexo e exigente, que requer uma forte experiência comercial, tornando a inovação um motor essencial da excelência do departamento”, explica Bruno Koch, proprietário da Billentis.

 

Atitude Sustentável

 

Por fim, vale salientar que a utilização de notas fiscais eletrônicas é também uma atitude sustentável. Reduzindo a impressão de papel, sua empresa gerará menos impactos negativos no meio ambiente, o que consequentemente trará grandes benefícios para a sociedade.

 

Por: João F. Barros

Windows XP e Windows Server 2003 não poderão mais emitir NF-e, NFC-e

Devido a atualização do protocolo de comunicação exigido pelos webservices dos documentos fiscais NF-e NFC-e CT-e CT-e OS MDF-e , a partir de suas respectivas atualizações, não será mais possível emitir esses documentos em computadores com os sistemas operacionais Windows XP Windows Server 2003. 

Protocolo TSL 1.2

Este problema ocorre devido a incompatibilidade destes sistemas operacionais com o Protocolo de Comunicação TSL 1.2, que passará a ser exigido pelos webservices das Sefaz. Com esta exigência, não será mais permitida a comunicação via Protocolo SSL .

Os motivos para esta mudança estão amplamente documentados na internet, relacionados à falta de segurança comprovada no uso do Protocolo SSL.

Quando?

Para o CT-e, CT-e OS e MDF-e, os webservices podem recusar emissões via Protocolo SSL a partir do dia 2 de abril de 2018 .

Já no caso da NF-e e da NFC-e, o Protocolo TSL se torna obrigatório a partir de julho de 2018 .

Como resolver?

Os sistemas operacionais Windows Server 2003 e Windows XP não tem acesso à atualização do Internet Explorer que libera o Protocolo TSL 1.2. Também não existem soluções alternativas para o problema.

Sendo assim, existem duas possibilidades:

  1. Substituir o sistema operacional de todos os computadores emitentes de NF-e, NFC-e, CT-e, CT-e OS e MDF-e dos seus clientes.
  2. Realizar a emissão destes documentos a partir de uma API em nuvem, como a MarketUP.