Últimas postagens

Ver todos

Tudo o que você precisa saber antes de começar a empreender em casa

Para muitas pessoas, empreender em casa pode significar um conforto acessível apenas para alguns poucos profissionais do mercado. Com o aumento do desemprego, porém, tornou-se mais comum encontrar quem tenha interesse em  trabalhar por conta própria para garantir uma fonte de renda. Mas, assim como em qualquer outro trabalho, é preciso muito planejamento a fim de alcançar o sucesso.

Segundo o Google, as pessoas estão cada vez mais interessadas em empreender em casa, como refletem as pesquisas sobre o assunto. Já o estudo Global Evolving Workforce apontou que, entre os brasileiros que trabalham em casa, 54% acham que são mais produtivos. Não apenas isso, como 52% passam mais tempo com suas família, 33% dormem mais e 49% têm menos stress.

Se você tem interesse em começar a empreender em casa, mas ainda não sabe muito bem como começar, leia este artigo. Nele, separamos os principais pontos que devem ser levados em consideração antes de dar o primeiro passo neste rumo.

COMO COMEÇAR A EMPREENDER?

como-empreender-em-casa

Escolha e estude o mercado de atuação

Antes de entrar de cabeça em qualquer negócio, é necessário se preparar, estudar a fundo o mercado escolhido por você. Saber quem serão seus concorrentes, como eles trabalham, quais clientes atendem e mais é fundamental para começar o negócio. Dessa forma, será mais fácil definir qual será o diferencial de sua empresa, quais canais ela usará para vender, que tipos de produtos deve oferecer, etc.  Não só isso, mas antes de abrir um negócio, é importante buscar muito conhecimento e cursos para te auxiliar nesta jornada.

Construa um plano de negócio eficiente

Depois de definir o mercado em que deseja atuar e pesquisar sobre ele, é o momento de montar um plano de negócios. Independente do negócio, é necessário montar um plano para definir estratégias de mercado e alcançar bons resultados. Para que este plano seja o mais detalhado possível, é fundamental colocar tudo no papel. Por exemplo produtos e serviços, custos e projeção de fluxo de caixa.

Formalize-se como microempreendedor

No mercado, hoje, existem milhares de pessoas que atuam em diversas atividades de maneira autônoma. A formalização, porém, é necessária tanto que o indivíduo seja considerado um profissional aos olhos do cliente quanto para cumprir com suas obrigações fiscais. No caso de pessoas que desejam abrir um pequeno negócio, o mais indicados é formalizar-se como microempreendedor individual (MEI).

Comece a divulgação online do negócio

Quando seu negócio estiver pronto, é o momento de começar a divulgá-lo e atrair clientes em potencial. Usar a Internet é uma das melhores maneiras de fazer isso. Isso porque a ferramenta é, hoje, um dos meios de divulgação mais acessíveis e eficazes do mundo. Além disso, é possível trabalhar a divulgação do seu negócio de maneira gratuita, apesar de ser possível investir em espaços de publicidade online.

Monitore o desempenho das suas ações

Esperar que tudo aconteça conforme planejado em seu plano de negócios é pura ingenuidade. Afinal, o mercado pode mudar do dia para a noite e tudo aquilo que você planejou pode não ser mais útil. Por isso é necessário monitorar o desempenho do negócio constantemente, adaptando suas estratégias conforme a necessidade. Assim, é possível corrigir o rumo da empresa e mantê-la no caminho.

O QUE É PRECISO PARA TRABALHAR?

beneficios-empreender-em-casa

Melhore sua organização

Pessoas que não são muito fãs de organização costumam enfrentar problemas quando precisam empreender em casa. Pois, ao contrário do ambiente corporativo, em casa nos sentimos mais à vontade para procrastinar. No entanto, quem deseja alcançar o sucesso empreendendo de casa precisa melhorar sua organização. Senão, é impossível dar conta de todas as tarefas, prazos e pagamentos sozinho.

Desenvolva sua disciplina

Quando estamos em casa, só conseguimos pensar em cair no sofá, ligar a TV e assistir um bom filme, certo? Mas o que fazer quando nosso lar é também nosso ambiente de trabalho? Como resistir à tentação de deixar aquelas tarefas para depois para acompanhar o jogo do seu time do coração? É necessário ter disciplina, ou seja, manter seu compromisso para concluir suas tarefas sem distrações.

Aprenda a manter seu foco

Vez ou outra, quando estamos no meio de alguma tarefa importante, pode ser tentador dar aquela olhadinha nas redes sociais. Essa espiada, no entanto, pode consumir vários minutos produtivos de seu dia e atrapalhar o desenvolvimento do trabalho. Em casa não é diferente. Neste cenário, porém, não há ninguém para nos policiar, exceto nós mesmo. Assim, é essencial desenvolver uma boa disciplina.

DESAFIOS DE EMPREENDER EM CASA

desafios-empreender-em-casa

Pouca troca de conhecimento

Uma das diferenças mais sentidas por quem troca os escritórios tradicionais pela própria casa é a ausência de outras pessoas. Não ter colegas de trabalho significa também compartilhar conhecimentos, não ter com quem debater ideias ou até mesmo tirar dúvidas. Quem depende de tudo isso no dia a dia para ser mais produtivo pode ter muito dificuldade para começar a empreender em casa.

Não ter muito reconhecimento

Quando trabalhamos em escritórios, temos o reconhecimento de outras pessoas pelo nosso desempenho. Porém, quando trabalhamos sozinhos em casa, não há ninguém para ver quando fazemos algo certo. Ou seja, não recebemos reconhecimento pelos nossos esforços ou vitórias. A longo prazo, essa falta pode ser um pouco desestimulante, além de comprometer a qualidade do trabalho feito. 

Pouco ou nenhum tempo livre

Em trabalhos formais, geralmente temos nossos dias de descanso garantidos pela lei, além de férias anuais e outros benefícios. Quando estamos por conta própria, porém, qualquer dia de descanso pode significar um dia de trabalho perdido. E esse dia pode representar um prejuízo para o empreendedor. Portanto, quem deseja investir nessa jornada precisa estar ciente de que não terá tanto tempo livre para si.

 

Quer saber mais?  Veja o vídeo a seguir:

Abra seu próprio negócio com pouco investimento

Ter sua própria empresa é o sonho de muitas pessoas, porém ainda surgem muitas dúvidas na hora de começar o próprio negócio, como por exemplo, a questão financeira. Mas é possível empreender com pouco investimento.

 

Não ter muito dinheiro para investir não é o problema, desde que o empreendedor saiba por onde começar e como conseguir administrar o empreendimento com pouco capital.

 

Por onde começar?

 

Você não precisa de uma ideia genial ou abrir um negócio que ainda não exista no mercado. Muitas ideias são conceitos melhorados do que se tem hoje. É importante observar o segmento que deseja atuar, o que o mercado está oferecendo e o que precisa ser melhorado. Por isso, faça pesquisa de mercado! Antes de abrir uma empresa, é fundamental conhecer o mercado no qual deseja se inserir. Para assim, você conseguir identificar uma estratégia para se destacar perante a concorrência.

 

Outras dicas importantes:

 

  • Planeje-se
  • Aprenda sobre marketing
  • Gestão de pessoas
  • Gestão financeira
  • Descubra quem são os concorrentes e
  • Entenda as tendências de mercado

 

Questão financeira

 

Outro fator importante é ter capital inicial e um capital de giro para abrir seu próprio negócio. Por mais que o investimento seja pequeno, saiba antes de correr atrás do dinheiro, quanto será necessário para investir.

 

Não é obrigatório ter muito dinheiro para abrir um empreendimento, pois algumas ideias de negócio funcionam muito bem de forma mais econômica.

 

Dê preferências a ideias que não precisam de muito dinheiro para iniciar, pois assim você consegue evitar dívidas e problemas financeiros.

 

Lembre-se de ter o capital de giro, capital este que está relacionado a todas as contas financeiras que giram ou movimentam o dia a dia da empresa, pois segundo o SEBRAE, um dos motivos de falência de muitas empresas é a falta deste capital.

 

Mas tem alguns empreendimentos que estão em alta e que podem ser ideias rentáveis para quem está pensando em começar uma empresa, além de ser ideias que não precisam de muito investimento.

Infográfico-Empreender-com-pouco-dinheiro

Veja quatro dicas que separamos para você:

 

 Investir em E-commerce

 

Ao contrário do que muitos pensam, o investimento é muito menor do que montar uma loja física.  Lojas virtuais, possuem alcance global e permite que seus produtos sejam encontrados e comprados por consumidores de qualquer local. Além disso, o mercado disponibiliza diversas plataformas para você realizar esse projeto.

 

 Produtos digitais

 

Apostar em marketing digital está em alta em 2018. Quem gosta de tecnologia pode ofertar livros digitais, e-books, cursos, workshop entre outros produtos, ou seja, é possível transformar conhecimento em negócio e conseguir lucrar em cima disso.

 

 Home-based (trabalho de casa)

 

Esse tipo de empreendimento tem crescido nos últimos anos, ainda mais com a forte crise econômica. Transformar a própria residência em negócio é uma boa alternativa de empreendimento sem muito investimento inicial. Existem diversas ideias como: produzir alimentos em casa, como bolos e salgadinhos, até oferecer consultoria e serviços de comunicação e design.

 

 Microfranquias

 

Para quem está começando a empreender e ainda não tem muita experiência no assunto, vale a pena apostar em microfranquias. Com investimento de até 90 mil reais. Pense na ideia de comprar uma franquia, pois com o know-how que elas disponibilizam aos seus franqueados, você tem mais chances de alcançar o sucesso.

 

E para facilitar a vida do empreendedor e otimizar as tarefas da empresa, é possível empreender e apostar em sistemas de gestão online para que você consiga administrar seu negócio.

 

Pensando em custo-benefício a MarketUP oferece um Sistema de Gestão online e inteiramente grátis para o empreendedor conseguir atender suas necessidades sem pagar nada. Com essa ferramenta você pode controlar as vendas, compras, estoque, fluxo de caixa e tudo que precisa para automatizar os processos da sua loja de maneira rápida e simples.