Últimas postagens

Ver todos

Oito tipos de inteligência que fazem o empreendedor

Existem por aí milhares de tipos de empreendedor e ainda há oito tipos de inteligência que fazem um empresário excepcional em sua profissão

Há muito tempo que os empreendedores são diferentes. Todos nós conhecemos empresários bem-sucedidos que abandonaram a escola e pessoas com QI alto que não conseguem administrar um negócio. No entanto, existe explicação melhor, chamada de inteligências múltiplas, que na verdade são oito tipos de inteligência. Empreendedores de sucesso sempre parecem ter várias boas inteligências.

A teoria das inteligências múltiplas foi desenvolvida em 1983 pelo Dr. Howard Gardner, da Universidade de Harvard. Ele sugere que a noção tradicional de inteligência, chamada de Quociente Inteligente (QI), é muito limitada. Em vez disso, ele agora tem ampla aceitação de pelo menos oito inteligências diferentes que abrangem uma ampla gama de potencial humano. Esses incluem:

1. Inteligência linguística

A inteligência linguística é a capacidade de pensar em palavras e usar a linguagem para expressar significados complexos. A inteligência linguística é a competência humana mais amplamente compartilhada, mais evidente em poetas e romancistas. Também é evidente que os empreendedores escrevem bons planos de negócios e convencem os investidores.

2. Inteligência interpessoal

Inteligência interpessoal é a capacidade de entender e interagir efetivamente com os outros. Envolve comunicação verbal e não verbal eficaz, sensibilidade a humores e temperamentos e a capacidade de compreender múltiplas perspectivas. Empreendedores particularmente precisam de inteligência interpessoal.

3. Inteligência Intrapessoal

A inteligência intrapessoal é a capacidade de entender a si mesmo e usar esse conhecimento no planejamento e na estratégia. A inteligência intrapessoal não envolve apenas a apreciação do eu, mas também a condição humana. É evidente em psicólogos, líderes espirituais e líderes empresariais.

4. Inteligência corporal-cinestésica

Inteligência corporal cinestésica é a capacidade de manipular objetos e usar uma variedade de habilidades físicas. Esta inteligência também envolve um senso de tempo e a perfeição de habilidades através da união mente-corpo. Inventores e pessoas que fornecem produtos mecânicos precisam desta inteligência.

5. Inteligência lógico-matemática

A inteligência lógico-matemática é a capacidade de calcular, quantificar e pensar logicamente. Esta inteligência é geralmente bem desenvolvida em matemáticos, tecnólogos e programadores de computador, e é geralmente associada ao QI tradicional.

6. Inteligência naturalista

Designa a capacidade humana de discriminar entre os seres vivos, bem como a sensibilidade a outras características do mundo natural. Os bons empreendedores usam isso para discriminar as necessidades do consumidor e escolher os produtos mais comercializáveis para oferecer.

7. Inteligência musical

Inteligência musical é a capacidade de discernir tom, ritmo, timbre e tom. Essa inteligência nos permite reconhecer, criar, reproduzir e refletir sobre os interesses e necessidades da música, conforme demonstrado por compositores, maestros, músicos, vocalistas e ouvintes sensíveis.

8. Inteligência espacial

Inteligência espacial é a capacidade de pensar em três dimensões. As principais capacidades incluem imagens mentais, raciocínio espacial, habilidades gráficas e artísticas e uma imaginação ativa. Marinheiros, pilotos, escultores, pintores e arquitetos exibem inteligência espacial. É fácil ver como isso é importante para os empreendedores.

Robert L Schwarz disse certa vez: “O empreendedor é essencialmente um visualizador e um realizador. Ele pode visualizar algo e, quando o visualiza, vê exatamente como fazer isso acontecer”. Essa é uma combinação de inteligências que muitas pessoas não têm. Se você tem, ostente-o e aproveite seus sucessos.

Fonte: Martin Zwilling em  

3 aplicativos para o empreendedor aprender matemática

A matemática no ambiente de negócios proporciona maior objetividade e dinamismo ao gestor

A maioria das pessoas considera a matemática chata e difícil, no entanto isto é apenas um mito. Para o empreendedor, existem conceitos lógicos bem simples que podem ser fundamentais para que sejam resolvidos problemas da rotina do gestor.

Pensando nisto, nós do Blog MarketUP selecionamos 3 aplicativos para o empresário aprender matemática de forma simples e intuitiva. Seja enquanto ele está em alguma fila ou no transporte público.

1. MyScript Calculator

Imagine escrever complexas expressões matemáticas em seu próprio smartphone e ter as respostas instantaneamente. É basicamente isso que o MyScript Calculator faz, a sua tecnologia interpreta símbolos e números para a conversão do texto digital e entrega o resultado em tempo real.

Imagem da captura de telaImagem da captura de telaImagem da captura de tela

O mais interessante á não se necessitar usar o teclado do celular para digitar a conta. Entre os cálculos convertidos pelo app estão temas como, trigonometria, logaritmos, parênteses, poderes e operações básicas. Disponível para Android e iPhone (iOS).

2. Matemática Elementar

Além de ser gratuito e totalmente em português. O Matemática Elementar reúne diversas pequenas aulas e exercícios em conteúdos essenciais em Matemática: conjuntos numéricos, intervalos, potencialização, radiciação, produtos notáveis, funções e inequações.

Imagem da captura de telaImagem da captura de telaImagem da captura de tela

Este software foi desenvolvido pela Fábrica de Software da UFMS Câmpus de Ponta Porã (www.fabricadesoftwarepp.com.br). O aplicativo está disponível para Android.

3. iMathematics

De acordo com O Globo, foi considerado um dos 10 melhores aplicativos escolares pela Wired italiana, o iMathematics aborda mais de 70 tópicos da Matemática com testes, explicações simples, fórmulas, teoremas, definições e propriedades.

Infelizmente o aplicativo não está em português, porém quem entende um inglês básico ou intermediário pode usar o app sem problemas. Ainda há uma calculadora interativa, que busca se adaptar pelo assunto procurado pelo usuário.

Ainda é possível acompanhar os progressos em cada assunto através de um perfil interno de usuários. Disponível para Android e iPhone (iOS).

Fontes: O Globo, Administradores e Guia do Estudante

Lições para o empreendedor no filme ‘Os Vingadores’

O filme ‘Os Vingadores’ abrange vários aspectos da personalidade humana e o empresário poder tirar lições desta obra de arte

Os Vingadores… compreendem personalidades muito diferentes, incluindo confiantes, justas, engraçadas, ingênuas, inteligentes, plácidas… muito parecidas com as pessoas com quem trabalhamos todos os dias.

Quando esses super-heróis trabalham juntos, eles salvam o mundo. Quando não, Banner se transforma no HULK e esmaga tudo! Podemos aprender muito sobre comunicação e colaboração em equipe dos Vingadores.

As empresas hoje em dia estão constantemente promovendo uma comunicação mais forte, mas poucas parecem adotar genuinamente esse objetivo desafiador. A maioria das culturas organizacionais concorda que eles encorajam os funcionários a falar o que pensam, ser abertos, dizer o que querem dizer e, o mais importante, ouvir os pontos de vista dos outros.

Quantos de nós realmente fazem isso? Quantos de nós tentaram fazer isso apenas para ser abatidos ou sofrer consequências negativas? Para ter um negócio de sucesso, a comunicação em todos os níveis é imperativa.

A boa comunicação organizacional, seja de cima para baixo ou de baixo para cima, funciona com base em feedback respeitoso e colaboração construtiva com o objetivo comum de tomar as melhores decisões possíveis para o bem da empresa.

Como os Vingadores, requer trabalho em equipe e, principalmente, reconhece que, em uma organização, todos estão na mesma equipe.  Os conselhos de administração são freqüentemente desafiados a navegar pela comunicação apropriada entre os proprietários e a administração

O envio de mensagens para as equipes pode se tornar cada vez mais difícil, as conversas não são necessariamente inclusivas de todas as partes relevantes e as conclusões e premissas estão sendo feitas sem considerar as visões dos mais diretamente impactados ou envolvidos.

Aqui estão algumas lições aprendidas e conselhos para todos os níveis da empresa:

Seja direto

Não há razão para se dar a volta. As pessoas não são leitores de mentes. Se sua direção não for clara e concisa, provavelmente não será feita.

Espere o melhor (não o pior) das pessoas

Mesmo se você quiser embarcar em uma nova estratégia ou mudar de direção, confie em sua equipe para entender as mensagens claras e concisas que você terá fornecido. A maioria dos profissionais é capaz de se adaptar, concordando ou não.

Não faça suposições

Você sabe o que eles dizem sobre suposições e isso não poderia ser mais verdadeiro. Vá até a fonte e pergunte sobre a justificativa para uma ação específica e esteja disposto a ouvir com a mente aberta. As chances são de que pode haver uma razão que faça sentido e possa influenciar sua percepção inicial.

Compartilhe informação

Conhecimento é poder, mas quando o pessoal se sente compelido a guardá-lo para proteger seus empregos, a dinâmica da equipe se transforma em batalhas territoriais, que não servem mais aos melhores interesses da empresa.

As melhores e mais bem-sucedidas organizações compartilham informações e colaboram e não se preocupam com quem receberá o crédito por isso. Homem de Ferro não recebe o crédito por salvar o mundo, os Vingadores o fazem!

As pessoas são primordiais

Em TODOS os níveis da organização. É fácil dizer que as pessoas são uma prioridade, mas não tão fáceis de praticar. As pessoas tendem a administrar seus chefes, mas apenas chefes excepcionais dominam a capacidade de gerenciar.

Todo mundo tem seus pontos cegos, então siga a regra de ouro, trate as pessoas como você gostaria de ser tratado. Vocês estão todos juntos nisso!

Finalmente, nas palavras de Nick Fury, “havia uma ideia… de reunir um grupo de pessoas notáveis, ver se elas poderiam se tornar algo mais.” Veja se eles poderiam trabalhar juntos quando precisávamos deles para lutar nas batalhas que nunca poderíamos.

Quando o negócio enfrenta desafios de vendas, tráfego e / ou lucratividade, uma boa comunicação é o núcleo das melhores equipes e realmente resulta na mais empresas de sucesso.

Fonte: Monique R. Yeager em Small Biz Daily

Atributos que todo empresário deveria ter, segundo a Forbes

A Revista Forbes apresentou a lista de atributos necessários para administrar com eficiência seu negócio

Embora seja complicado, se não impossível, ter todos os atributos mencionados abaixo, Brent Beshore, um colaborador da Forbes, enfatiza a importância de se concentrar em alguns deles.

Confiabilidade

O empregador deve manter sua palavra, concentrar-se na coerência de seus compromissos e ações. Preocupe-se, então, em alcançar os objetivos definidos e progredir de acordo com eles. Prossiga para diversas situações, sem buscar um benefício pessoal em detrimento da empresa ou de sua equipe.

Curiosidade

Novas ideias, abordagens e perspectivas devem capturar os principais líderes do setor empresarial. Eles devem estar curiosos o suficiente para aprender novos aspectos de seu campo de trabalho. A aprendizagem ao longo da vida torna possível a realização profissional e permite a constante criação de valor.

Versatilidade

Imprevistos surgem constantemente. Para lidar com eles, você precisa ter um conjunto de habilidades, como versatilidade, que significa deixar sua zona de conforto e fazer o que for necessário para lidar com essas situações.

Autoconhecimento

Entender seus próprios pensamentos, habilidades, emoções e motivações é fundamental. A autoconsciência alinha pontos fortes com as necessidades organizacionais e ajuda a compreender seus pontos fracos.

Comunicação

Expresse seus pontos de vista de maneira clara, concisa e oportuna. Os empresários também devem ser bons comunicadores.

Criatividade

A solução criativa dos problemas é um requisito indispensável em todo empreendedor. Seguir caminhos menos esperados, porém eficazes, com vista a  resolver certos problemas, pode aumentar o valor da empresa.

 

 

Habilidades que todo empresário bem-sucedido precisa ter

O primeiro passo para se tornar bem-sucedido é entender quais habilidades você tem (ou não)

Você precisa investir em si mesmo e criar habilidades valiosas ao longo do tempo se você realmente quer ser bem-sucedido como empresário. Saber se você tem o que é preciso, é uma questão que preocupa quase todos os empreendedor em algum momento. Então, quais habilidades você deve ter para ser bem-sucedido?

     1.A habilidade de administrar o dinheiro

Para gerir um negócio de forma efetiva, você precisa ser capaz de gerenciar o dinheiro. Você sabe para onde seu dinheiro vai a cada mês? Você faz mais dinheiro do que gasta? Se a resposta for não a ambos, você terá dificuldade em administrar o fluxo de caixa.

Existem muitas ferramentas que ensinam a gerenciar dinheiro, sendo assim, comece colocando suas finanças pessoais em ordem. Use-a como prática para quando você ter que administrar um possível orçamento.

     2.A habilidade de ser produtivo

Será impossível se tornar um empreendedor de sucesso se você não puder ser produtivo. Os empresários e tempo integral ocupam uma média de 52 horas trabalhando todas as semanas (12 horas a mais que o empregado médio em tempo integral). Cada uma dessas horas deve ser usada ao máximo para aumentar efetivamente a sua atividade.

     3.A habilidade de reconhecer pontos fracos e fortes

Como empreendedor, não existe a necessidade de se destacar em tudo. Mas é preciso entender quais são os seus pontos fortes e quais as suas fraquezas. Ter uma visão clara disto dará a chance de melhores decisões, em termos de parcerias, funcionários e empreendimentos que você quer dar prosseguimento.

Comece fazendo uma análise SWOT – Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). Do seu lado pessoal, para identificar seus pontos fortes e fracos, assim como ameaças externas.

     4.A habilidade de contratar pessoas efetivas

Uma vez que você saiba onde estão as suas fraquezas, você terá um entendimento claro de quem será necessário contratar para fortalecer sua equipe. Esta é uma das mais importantes habilidades que um empresário pode ter. Grandes pessoas na sua equipe o ajudarão a ter acesso a novos pontos fortes e construir uma cultura da empresa, da qual as pessoas realmente façam parte. Busque sempre as melhores práticas para contratar funcionários com boa capacidade.

     5.A capacidade de implementar marketing básico

Ao iniciar seu negócio, você estará fazendo o trabalho de todos os departamentos. Isso significa que você precisa de uma compreensão básica do marketing digital, incluindo SEO, marketing móvel e publicidade paga. Se você não está familiarizado com estas estratégias de marketing, é seu dever analisá-las antes de abrir sua empresa. Existe uma abundância de ferramentas e guias para ajudá-lo a comerciar seu negócio com pouco orçamento.

     6.A habilidade de lidar com fracasso

O sucesso não é uma linha reta, como empreendedor de primeira viagem você precisa aprender a lidar com altos e baixos. Quando houver uma falha, coloque-a de lado e se concentre em como você pode fazer melhor da próxima vez.

     7.O desejo e a capacidade de melhorar o seu mundo

A melhor maneira de ter sucesso nos negócios e se manter motivado é causar uma mudança positiva no mundo. Isso não significa salvar o meio ambiente, acabar com a fome ou com o câncer. Fazer uma mudança positiva em seu mundo pode vir de várias maneiras, desde a criação de novos produtos que ajudem o dia a dia ou que auxilie outras empresas a crescerem. Fornecer valor real é o que permite que seu negócio se destaque.

O primeiro passo para se tornar bem-sucedido é entender quais habilidades faltam e quais você possui. Todas elas podem ser aprendidas, então, se perceber que falta algo você pode fazer cursos e aprender com as pessoas ao seu redor.