Últimas postagens

Ver todos

Cinco dicas para usar o Facebook como uma ferramenta de marketing

Fonte: Thinkstock

Segundo dados recentes divulgados no jornal Meio & Mensagem, o número de usuários do Facebook no Brasil chega a 89 milhões. Para que se tenha uma ideia do alcance do Facebook no país, imagine que a marca atingida pela rede social corresponde a 80% dos usuários da internet em todo o território nacional (107,7 milhões segundo a mesma publicação).

Analisando essas informações, seria ingenuidade que empreendedores encarassem a rede apenas como um meio de bater papo com os amigos ou se atualizar sobre seus interesses através do Feed. Mais do que isso, o Facebook pode ser uma excelente ferramenta de marketing e divulgação para seu negócio. Quer saber como? Acompanhe as cinco dicas abaixo que separamos para você!

1 – Crie uma página para seu negócio

Ter uma página no Facebook é o primeiro para passo “marcar território” no mundo das redes sociais. Mas atenção: não adianta criar uma página e não atualizá-la com conteúdos que interessem seu público alvo. Encare sua fanpage como uma parte importante do marketing de sua empresa, responda as dúvidas de seus clientes, fique atento ao português e observe páginas de concorrentes para entender melhor seu nicho de mercado.

2 – Faça campanhas

Uma boa notícia para os pequenos empresários: é possível divulgar sua marca no Facebook gastando pouco dinheiro. Crie campanhas direcionadas para o seu público alvo, defina quanto quer gastar – é possível fazer campanhas de fim de semana com R$10 ou R$20, por exemplo – e atraia fãs para sua página. Confira neste link, o passo a passo para criar uma campanha de anúncios no Facebook: http://www.escoladinheiro.com/2013/03/04/como-criar-uma-campanha-de-anuncios-no-facebook-para-ganhar-fas/

3 – Conheça seu público

Outra vantagem de se ter uma página bem estruturada na maior rede social do mundo, é o fato de que você poderá conhecer melhor seu público, e, a partir disso, adaptar sua linguagem comercial e criar promoções, além de conteúdos exclusivos para seus consumidores. Segundo Felipe Pereira, mestre em administração e especialista em projetos digitais, o Facebook oferece ferramentas interessantes para que você possa conhecer o perfil do seu cliente. “Verifique o seu cliente: o que ele mais curtiu, comentou e compartilhou nos últimos dias? O próprio Facebook oferece estatísticas para que você consiga identificar os tipos de postagens e os horários em que foram feitas, e, dessa forma, consegue fazer um planejamento de três, quatro meses de conteúdo”, comenta.

4 – Identidade Visual

A identidade visual é um fator importante para o sucesso de sua página na rede. Procure imagens com boa resolução, tenha um avatar com o logo de sua empresa e procure distribuir os conteúdos de sua fanpage de um modo coerente com a identidade de sua marca e de seus produtos.

5 – Adapte-se as mudanças

De tempos em tempos o Facebook passa por aprimoramentos. Uma dica essencial – que funciona também para outras redes sociais da internet – é procurar se adaptar a essas mudanças ao invés de ficar se queixando.  “No mundo atual é preciso se adaptar – e quem consegue fazer isso em menos tempo, sai na frente. Uma dica é entrar no blog da rede social (http://newsroom.fb.com/) pelo menos uma vez por semana, ali eles falam sobre as mudanças que foram/serão feitas e as explicam direitinho. E tenha sempre em mente que essas alterações não seriam feitas se não fossem para melhorar a rede social”, explica Felipe Pereira.

Além de todas essas dicas, procure explorar o Facebook com um olhar empreendedor e conhecer sem pressa as ferramentas que a rede social pode oferecer para o seu negócio. Caso você julgue precisar de uma leitura mais aprofundada para se sentir seguro, nós indicamos o e-Book “Marketing Digital para Empreendedores”, fornecido gratuitamente pela Endeavor Brasil.

Fique online e boa sorte!

Por: João F. Barros

As mulheres e as MPMEs: destaque na gestão de pequenos negócios

Fonte: Thinkstock

As mulheres da contemporaneidade, refletindo o espírito empreendedor do brasileiro, são destaque na gestão dos micro e pequenos negócios no país. Segundo pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 63% das mulheres que participaram do levantamento afirmam administrar uma micro ou pequena empresa.

“A escolha por um negócio próprio tem por principal motivação a possibilidade de ter uma remuneração melhor”, afirma em artigo Mari Gradilone, sócia-diretora do Virtual Office. Além deste fator, certamente também há o ponto da vontade de deixar de ser funcionária de uma organização para administrar o próprio empreendimento (uma análise da Endeavor Brasil apontou que o desejo de tocar um negócio – ao invés de seguir um plano de carreira como funcionário – motiva 76% dos brasileiros em geral).

Mari Gradilone dá algumas dicas para quem pretende empreender de forma bem sucedida. “Ter uma reserva inicial, um capital adequado ao seu empreendimento, um business plan realista e conhecimento de gestão são elementos que, com certeza, podem fazer a diferença na vida de quem quer tornar-se empresário”, aponta. As dicas valem para qualquer empreendedor – homens e mulheres –, sobretudo para aqueles que lidam com os pequenos negócios, cuja margem para erros de gestão é reduzida.

Cada vez mais as mulheres vêm conquistando espaços na sociedade antes exclusivamente ocupados por homens, o que demonstra tanto uma mudança positiva nos padrões da sociedade, quanto o resultado de anos de busca por oportunidades e direitos igualitários. Aliado a esses fatores, a demonstração de competência foi outro elemento crucial para que as mulheres conseguissem se firmar no mercado competitivo dos negócios.  “Lendo o noticiário e pesquisas neste começo de ano, vejo que realmente as dificuldades são muitas, mas a esperança de uma vida profissional satisfatória, que traga uma renda melhor também é alta. É o que faz muitos brasileiros – e brasileiras – saírem de casa todos os dias e irem à luta”, conclui Mari Gradilone.

MarketUP: te auxiliando a enfrentar os desafios da gestão

O sistema MarketUP é parceiro dos brasileiros – e das brasileiras! – na gestão das MPMEs. Através de uma plataforma única você poderá acessar relatórios gerenciais, controlar o estoque e as vendas de seu negócio, emitir notas fiscais eletrônicas, além de diversas outras funções para a gestão completa de micros, pequenas e médias empresas. E não se esqueça: você não pagará nada por isso. Para fazer o download do sistema MarketUP e obter mais informações, acesse o site: http://marketup.com/ e acompanhe nossas páginas nas redes sociais:

Twitter: @MarketUP_Brasil

Facebook: MarketUP Brasil

Por: João F. Barros