As etapas que todo o empreendedor já passou ou vai passar

Todo o tipo de empresa passa por diversas fases. Saiba como superá-las e ser um exemplo de empreendedor

Cada nível do seu empreendimento demanda um novo você, um “eu” diferente em formas de agir e pensar. É dessa maneira que seu negócio cresce junto com você e isso o torna um exemplo de empreendedor. Uma produtora e escritora de televisão, chamada Shonda Rimes, conhecida pela produção da série “Greys Anatomy”, em uma entrevista para a rede de televisão NBC sobre como gerir o seu próprio negócio, disse certa vez que “no começo o empresário está tentando chegar em determinado ponto, um certo lugar. Quando ele chega lá, é preciso se preocupar se ele vai perder”.

É sempre bom estar preparado para todos os estágios que o seu negócio pode apresentar, assim, você pode passar por eles de uma forma mais simples e sem grandes dificuldades. Para tudo fluir bem, cada parte de seu negócio deve estar em um setor diferente numa forma integrada e direta, de modo que não gere desgastes.

Estas são as cinco fases que todo o empreendedor vai passar um dia:

1.Tentando chegar no “objetivo”

O primeiro dos três anos iniciais do negócio, geralmente, é direcionado pela meta inicial que foi estabelecida. Claro, você quer mais clientes, vendas e reconhecimento. E é muito bom trabalhar duro, mas também é importante se divertir durante o trajeto. Se você está ressentido com o seu trabalho, pois ele não traz resultados desejados, seu negócio pode não prosperar.

Em vez de tentar bater sua meta, reconheça que você já está perto de onde queria chegar, ou talvez já tenha chegado lá. Sendo o seu próprio chefe, leva tempo para construir confiança num momento de dificuldade.

2. Medo de perder o que foi conquistado

De maneira geral este cenário é eufórico. Quando o empresário consegue uma grande parceria, ou um comercial em rede nacional, por exemplo, a satisfação e sensação de trabalho cumprido ocorre. É aí que vem o medo de que tudo isto vá embora, se trata de uma reação natural, que pode ser desconfortável no início.

A melhor coisa a fazer é se preparar para este estágio, pois ele vai chegar, sabendo sempre o seu valor e a valorizar-se o mais cedo possível. Na verdade, quando você acredita no trabalho que tem a oferecer este estágio é mínimo.

3. O sucesso não é como o esperado

Nesta fase, vários outros empreendedores podem te procurar para dicas sobre crescimento e mercado, questionando sobre tendências e coisas do tipo, devido ao seu crescimento e sucesso. Nesta etapa o crescimento do negócio já não é mais preocupação, nem mesmo o fluxo de caixa de compras e vendas. É por isto que você trabalhou duro, mas ninguém imagina que viver o seu sonho é tão diferente do esperado.

O segredo é não criar expectativas, elas podem tirar a sensação de se sentir bem no momento. Nunca pense que “Quando eu tiver X clientes estarei feliz”. Quando a expectativa não acontece nos sentimos mal. Em vez disso, foque em todas as coisas boas que aconteceram na trajetória de sua companhia e se livre das expectativas.

4. Felicidade da conquista

É glorioso quando reconhecemos o quão longe chegamos, você deveria tirar umas férias e não trabalhar o tempo todo. Não importa em qual fase está, seja orgulhoso de si sempre que puder e faça o seu melhor. Isto por si só já é o bastante.

5. Relaxe a aproveite os lucros

Esta é a parte que todos os empresários trabalham para alcançar. A fase em que a pessoa pensa “consegui”, e só então é possível relaxar e aproveitar verdadeiramente o que foi criado. Mas não deixe este período relaxante durar muito tempo, porque como empreendedores, nós estamos sempre pensando sobre o nosso próximo lançamento ou ideia.