Últimas postagens

Ver todos

Como calcular o giro de estoque?

O giro de estoque nada mais é do que administrar a entrada e a saída dos produtos que estão armazenadas na empresa. Tão importante quanto ter o controle do estoque, é acompanhar a frequência dessa rotatividade das mercadorias conforme as vendas.

Estocar os itens a serem vendidos é primordial para manter o ritmo das atividades de um negócio, mas algumas ferramentas que auxiliam na gestão desse processo é fundamental para o sucesso de um empreendimento e merecem uma certa atenção, por parte do empreendedor.

E o giro de estoque é um desses métodos, que envolve parâmetros para avaliar o desempenho do armazenamento de produtos de uma empresa. Um cálculo que verifica o número de vezes que uma companhia vende e substitui os itens estocados durante um período específico.

Com esses dados, é possível ter informações sobre como o estabelecimento está gerenciando os custos e a eficácia em vendas, bem se está fazendo um bom controle de estoque e se os departamentos de compra e venda estão em sintonia. Desta forma, quanto mais alto é o giro de estoque, significa que é um fator positivo, pois mostra que a empresa está vendendo rápido os produtos, ou seja, que há uma demanda para eles. Entretanto, uma baixa rotatividade, quer dizer que as vendas estão fracas e que não há muita procura pelos itens.

Agora que falamos sobre esse assunto. Você sabe como calcular? Veja a seguir como fazer.

Como calcular o giro de estoque? Existe alguma fórmula?

Como um indicador da saúde financeira do estoque, o giro de estoque é uma ferramenta importante para a estratégia da companhia, que tem como principais aplicações a apuração da qualidade do armazenamento de produtos e sua variedade. Por isso, a partir do seu cálculo é possível identificar as ameaças e obstáculos, dentro do estoque, assim como o que está colaborando para o lucro da empresa.

Mas, vamos à prática. A fórmula para calcular o giro de estoque é:
GIRO DE ESTOQUE = TOTAL DE VENDAS/VOLUME MÉDIO DE ESTOQUE

Essa fórmula ainda permite o cálculo por quantidade ou valor. No entanto, é preciso primeiro definir o período a ser analisado e baseado nisso, colocar o número total de produtos vendidos e estabelecer o volume médio de estoque.
Entretanto, se você quiser compreender ainda mais o índice de giro de estoque e entender, por exemplo, o tempo médio para reposição é possível por meio da seguinte formulação: NÚMERO DE DIAS DO ANO/ QUANTIDADE DE GIROS.

Esse tipo de dado ajuda você, empreendedor, a ter mais vantagens em relação ao negócio e aos concorrentes, pois proporciona conhecimento sobre a rotatividade do seu estoque, conhecimento para criar alternativas e buscar métodos para diminuir o custo do armazenamento de produtos.

Software de gestão ajuda a otimizar a gestão do seu estoque

Um sistema integrado de gestão, conhecido como ERP (Enterprise Resource Planning) pode contribuir e, muito, para otimizar o controle de estoque de uma empresa, pois ajuda no monitoramento da entrada e saída dos itens armazenados. Assim como contribui para a extrair relatórios sobre esse processo.

Essa tecnologia contribui tanto para o giro de estoque como para outras necessidades do negócio, bem como para otimizar tempo e esforço nas tarefas. E uma dos sistemas mais completos no mercado é o MarketUP, que além de ser online e gratuito, oferece integração entre os recursos, conferindo mais praticidade no gerenciamentos dos negócios. Especificamente no Módulo de Estoque, possui funcionalidades criadas para atender todas as necessidades do cotidiano das micro e pequenas empresas.

Com o software ERP é possível cadastrar produtos e visualizar os itens, o valor de venda e a quantidade disponível em armazenamento. Tudo com a intenção de deixar a visualização mais rápida e fácil. Em poucos cliques, o usuário consegue uma visão geral do estoque e pode repetir o processo quantas vezes quiser.

O sistema também permite importar o cadastro de produtos que sua empresa já possui em uma planilha. Esse procedimento pode ser feito em poucos minutos e auxilia a migração para o novo sistema de gestão empresarial. Controlando o estoque, sua empresa pode dar entrada a importações, devoluções e compras de fornecedores que não emitem nota. Isso ajuda a garantir o registro de entradas e saídas de dinheiro.

No MarketUP os relatórios foram feitos para que você possa acompanhar o desempenho de todo o negócio. O documentos permitem você identifique os itens com estoque prestes a acabar e quais são os produtos mais lucrativos. Isso agiliza o tempo que seria utilizado para a contagem e avaliação dos produtos armazenados, o que torna o seu gerenciamento mais inteligente. Com tudo registrado em gráficos, a visibilidade fica melhor, possibilitando mais previsibilidade para as tomadas de decisão.

Além disso, o software online você poderá contar sempre com um suporte técnico profissional. A gestão empresarial pode, ainda, ser otimizada utilizando ferramentas como o controle de estoque online. E com informações mais precisas e de fácil acesso, sua empresa terá um sistema que opera com eficiência nos resultados.

Por Carolina Barros

Giro de Estoque e Previsão são Dois Fatores Decisivos

O controle eficiente do estoque é essencial para a empresa manter-se competitiva e cumprir adequadamente as suas atividades. Veja dois exemplos funcionais.

Para a correta definição dos estoques, o empreendedor tem de considerar dois fatores:

  •  Quanto menor o estoque, menor a necessidade de capital imobilizado;
  •  Nunca deve faltar produto para venda.

Ou seja, se a empresa buscar o menor estoque, corre o risco de perder uma venda por falta de produto. Além disso, produtos diferentes possuem giros diferentes.

Para equilibrar esses dois aspectos, um dos caminhos é a utilização intensa da informação. A partir de históricos de vendas de produtos ou época do ano é possível obter uma aproximação dos estoques mínimos necessários para atender às demandas.

Outro fator importante é o prazo de entrega dos fornecedores: quanto menores eles forem, menores também podem ser os estoques.

Giro de estoque

Para calcular, primeiro é preciso entender o conceito de giro dos estoques. O giro dos estoques é a quantidade vendida, em determinado período, do estoque mantido pela empresa.

Exemplo 1: o estoque médio de uma torrefadora de café é de 400 sacas, e a empresa vende 3600 sacas ao ano. Portanto, o giro de estoques dessa empresa é 3600 divididos por 400 = 9 giros ao ano.

Quando existem muitos produtos, é necessário ter o valor médio dos estoques a preço de compras e os valores das vendas a preço de compras.

Exemplo 2: um estoque médio a preço de compra de R$ 50 mil e cujo volume de vendas ao ano seja de R$ 700 mil a preço de compras. O número de giros do estoque será de 700 mil divididos por 50 mil = 14 giros ao ano.

Fonte: Sebrae Nacional