Últimas postagens

Ver todos

Como montar uma loja de roupas e aumentar as chances de sucesso

Apesar da versatilidade no mercado têxtil, empreendedores devem ficar atentos às questões importantes e utilizar um sistema ERP

Roupa é um artigo que todas as pessoas precisam ter e fazem uso no cotidiano, sem exceções. Por esta razão, o vestuário sempre é motivo de discussão e consumo entre quem deseja (e precisa) adquirir peças novas. Há pessoas que compram roupas para vestir no trabalho, academia, em casa, em eventos de gala ou qualquer outra ocasião. Ou seja, não faltam oportunidades de negócio para o empreendedor que deseja montar uma loja de roupas.

O que é necessário entender e alguns varejistas não assimilam, entretanto, é a competitividade no segmento e a importância da diferenciação. Ou seja, há muitos negócios com as mesmas ideias comerciais e estratégias de gestão frágeis. Em diversas empresas, nem mesmo o plano de negócios do empreendimento é bem estruturado. Como consequência disso, há lojas de roupas que fecham após pouco tempo funcionando — mesmo em um segmento tão diversificado.

Para evitar equívocos e aumentar as chances de sucesso ao abrir um comércio de vestuário, algumas dicas são bem vindas. Em especial as voltadas à gestão do negócio e à relação da empresa com os clientes.

Junte-se a mais de 100.000 empresas.Comece agora a utilizar o sistema ERP MarketUP 100% gratuito.

PLANO DE NEGÓCIOS

Independentemente do segmento e público consumidor, empresas que almejam estabilidade não podem abrir mão de um bom plano de negócios. Afinal, é por meio dele que pilares importantes do empreendimento serão estruturados, como análise de mercado e plano operacional. O primeiro estudo, como o nome indica, é importante na compreensão da realidade comercial vigente no segmento de atuação. Ou seja, por meio de uma análise de mercado é que serão identificados concorrentes e entraves comerciais em potencial. E, com um estudo minucioso, será possível contornar as dificuldades vindouras. 

O planejamento operacional, por sua vez, é responsável por analisar atividades internas da empresa e fazer com que sejam assertivas. Em outras palavras, são definidos procedimentos a serem adotados, atuação dos colaboradores e outros diversos componentes do cotidiano empresarial. Para quem pergunta como montar uma loja de roupas, planos como estes são essenciais para a implementação do empreendimento. O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), inclusive, oferece auxílio detalhado para quem deseja investir no plano de negócios.

PÚBLICO DA LOJA 

Uma das tarefas essenciais ao montar uma loja de roupas é compreender quem são as pessoas que podem virar clientes. Além disso, é importante estudar o poder de compra desses indivíduos e outras características como a faixa etária e preferências. Esse planejamento recebe o nome de “identificação de público-alvo”, amplamente utilizado pelas empresas.

Além de escolher qual estilo de roupa vender, é muito importante que o empreendedor defina outras questões. Entre elas, as marcas que serão comercializadas, tamanhos das peças e tendências sazonais. E tudo isso se tornará mais eficaz, claro, com a identificação correta do público-alvo da loja de roupas.


Junte-se a mais de 100.000 empresas.Comece agora a utilizar o sistema ERP MarketUP 100% gratuito.

PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Negligenciado por alguns, o planejamento financeiro empresarial permite com que haja mais segurança na administração do capital do negócio. É por meio deste plano que será possível registrar gastos da loja de roupas e se programar para onerações futuras. Ou seja, qualquer dono do próprio empreendimento deve dar atenção a esse planejamento se quiser ter segurança gerencial e saúde financeira. Com um empresário do ramo do vestuário, isso não é diferente, claro.

PONTO DE VENDAS

Antes de abrir a própria loja de roupas, o empreendedor precisa se atentar à localização do comércio. Para acertar no lugar em que o negócio funcionará, é importante considerar o fluxo de pessoas que passam pela região e o perfil delas — conhecido na identificação do público-alvo. Além disso, é recomendado buscar outras lojas de roupas na região e entender as razões do sucesso (ou fracasso) delas naquele lugar. Espaço para estacionamento de carros e acessibilidade para deficientes também são pontos positivos para ter no comércio.

RELACIONAMENTO COM CLIENTES

É difícil lograr êxito quando o empreendedor não dá a atenção necessária para a relação da empresa com o cliente. Como abordado anteriormente, lojas de roupas não são estabelecimentos raros, portanto, boa relação com a clientela é imprescindível. 

Entretanto, o bom relacionamento com o público não é caracterizado apenas com sorrisos e cumprimentos ao vender. Ele também carece de planos de fidelização e boas formas de pagamento. Nestes casos, há outra questão vantajosa: a diminuição da inadimplência. Enquanto a negociação de parcelamento nas compras e desconto para o público fiel fortalecem os laços com os clientes, as chances de um calote — temor de qualquer comércio — também diminuem.

 

Quer saber como montar seu espaço físico? Veja mais abaixo:

SISTEMA DE GESTÃO

Para administrar bem um estabelecimento complexo como uma loja de roupas é necessário utilizar um sistema de gestão eficiente. Afinal, esse tipo de comércio costuma ter muitos clientes e um estoque que demanda atenção redobrada e constante. Com um software de gestão assertivo, todos os processos operacionais e gerenciais do negócio são agilizados. 

A MarketUP, por exemplo, coloca-se à disposição de empreendedores que desejam otimizar o tempo de trabalho e facilitar a realização de tarefas. Por meio da ferramenta, 100% gratuita, é possível que lojistas utilizem os serviços da plataforma para dar maior efetividade à gestão do estabelecimento e aumentem as chances de prosperidade comercial. 

Junte-se a mais de 100.000 empresas.Comece agora a utilizar o sistema ERP MarketUP 100% gratuito.

Como ter sucesso vendendo roupas pela internet

Muitas pessoas compram roupas, calçados e acessórios pela internet e você deveria saber que montar sua loja virtual é um dos negócios mais lucrativos

As vendas de roupas pela internet através de lojas virtuais é uma das áreas com maior crescimento atualmente. O fato é que os consumidores estão migrando para o virtual com grande velocidade e aproveitar esta oportunidade requer alguns macetes.

Não é necessária muita formação estudantil para vender roupas pela internet, para alguns é como uma renda extra e para outros é a renda única e exclusiva e estão se tornando profissionais deste ramo.

Existe uma grande concorrência nesta área, mas se houver um bom planejamento, investimento adequado e ganas de vencer as chances de ganhar dinheiro aumentam. Então, acompanhe algumas dicas retiradas do site DLoja Virtual para vende roupas pela internet e ter sucesso:

1.Seja profissional

A primeira coisa que você tem de pensar, é que seu site, blog, página no Facebook é um negócio no meio online, portanto tem que ser levado a sério e ser profissional.

2.Seja criativo no nome

Coloque um nome interessante e atrativo em sua página: Não escolha nomes difíceis de ser falados e lembrados;

3.Se diferencie pelos seus produtos

Escolha bons produtos: Observe a qualidade das roupas. Não adianta ser barato e te qualidade ruim. Tem que ter preços acessíveis e boa qualidade.

4.Entenda um pouco de moda e tendências

Saiba escolher as roupas: De preferência as roupas que você sabe que terão mais saída, observe as tendências da estação, os modelos mais procurados.

5.Seja diverso em seu estoque

Diversifique seu estoque de roupas: Tenha variedades de modelos, tamanhos,cores. Trabalhe mais com roupas femininas, as mulheres tem tendência a comprar mais.

6.Marketing e publicidade

Invista na propaganda: Se você quer vender roupas pela internet, surpreenda seus clientes, use mensagens, e mails, redes sociais para oferecer e fazer propaganda seus produtos.

7.Agrade seus clientes

Faça agrados: uma boa dica que muitos sites de e-commerce fazem é dar brindes, descontos, consultoria de moda. Isso atrairá mais clientes.

8.Frete grátis

Disponibilize frete grátis para algumas regiões próximas: Os clientes gostam disso. Em casos de fretes mais caros, ofereça pagar uma porcentagem do custo, isso já dará um incentivo.

9.Monte perfis ou Personas

Faça perfis de seus clientes: Assim você conseguirá oferecer produtos adequados a cada um deles. Tornando sua venda personalizada, isso mostrará o quanto ele é importante para seu negócio.

Sites e blogs para se fazer anúncios

Uma maneira legal de fazer suas vendas é através do Mercado Livre: é um site de acesso livre, onde você cria sua conta gratuitamente para divulgar os anúncios de seus produtos. O detalhe é que depois de concretizada a venda, você paga um percentual de 10% sobre o valor do produto ao site, lembrando que este pagamento só será feito depois de vendidos todos os produtos desse anúncio.

Venda sua roupas também pelo site OLX: Neste site você não precisa de cadastro. Você anuncia suas roupas seguindo alguns passos, como a descrição e fotos do produto e pronto já será anunciado. E diferentemente do mercado livre, você não tem que pagar nenhum percentual ao site.

Crie grupo no Whatsapp: Monte um grupo de vendas no seu whatsapp e divulgue esse grupo através de seu facebook. Assim as pessoas terão conhecimento.

Use o Facebook: Crie uma fan page paralela ao seu perfil. Nela você poderá anunciar de maneira simples suas roupas. E o melhor que é grátis.

Crie uma Loja Virtual na MarketUP, nossa loja é gratuita e possui diversos sistemas de pagamentos integrados. Ainda temos integração com o nosso ERP que faz, por exemplo, o seu controle de estoque efluxo de caixa. O melhor de tudo é que nosso e-commerce é gratuito para nosso usuários!

Faça seu cadastro e comece a fazer dinheiro pela internet.

Fonte: Márcio Eugênio DLoja Virtual

 

Loja de roupas: dicas para abrir um negócio de confecção

Após a Feira do Empreendedor 2018, oferecida pelo Sebrae-SP, tivemos a oportunidade de presenciar um setor chamado de Indústria da Confecção, que abrangeu tudo o que diz respeito a uma loja de roupas. Desde o processo de fabricação de peças até a venda para o consumidor final.

Existem diversos tipos de maquinários e ferramentas que podem proporcionar uma boa fabricação, em pequena escala, de peças de roupas. De acordo com Rodrigo Palermo, consultor do Sebrae-SP em entrevista ao PEGN, este é um mercado em crescimento. “A indústria de confecção é um mercado interessante e fácil de começar, mas carente de bons profissionais”.

Neste sentido, abaixo estão 6 dicas para empreendedores que sonham em fazer sucesso com confecção de roupas:

1.Tenha afinidade com a área

Para o consultor do Sebrae-SP, não há segredo: se você não gosta do que faz, dificilmente vai dar certo. “Não adianta você empreender com confecção se não tem nenhum reconhecimento com moda. Esse é um setor que pede afinidade.”

2.Seja sempre disponível

Segundo Palermo, empreender na área de confecção de roupas exige dedicação integral. “É necessário que o empreendedor se dedique 100% na atividade. Empreender não significa parar de trabalhar. Ainda mais quando falamos de moda.”

3.Busque se capacitar

Para se diferenciar, o empreendedor não deve parar nunca de se capacitar. “Não importa se for um empresário de sucesso ou alguém que está entrando no mercado. “Técnica, conhecimento, pesquisas de mercado… Isso nunca é demais.” Segundo Palermo, o espaço vai oferecer consultorias sobre localização do ponto, legislação e maquinário. “Como é um segmento que usa muita mão de obra terceirizada, é essencial entender a lei.”

4.Trabalhe com a inovação

“Inovação não é necessariamente gastar muito com tecnologia”, afirma Palermo. Por ser tradicionalmente um setor com pouca inovação, o consultor sugere que os empreendedores busquem por mudanças mais simples, como repensar o layout dos produtos e até mesmo oferecer diferencias. “Por que não produzir a camiseta engraçadas com um algodão especial? Se não buscar se destacar, vai sempre disputar com a concorrência no preço. Isso pode ser injusto.”

5.Se profissionalize

Quando o assunto é mercado de moda, outra dica é aliar diferentes perfis empreendedores em um só. Por exemplo, neste mercado, Palermo cita que normalmente há dois “estilos” mais comuns: os gestores, que acreditam no negócio, mas não costuram; e os técnicos, que são ótimos costureiros, mas falham em gestão. “Então é importante reconhecer o seu perfil e investir nas habilidades que ainda não domina.”

6.Tenha um nicho definido

Dentro do mercado de moda, há diferentes nichos, como plus size, fitness, infantil e muitos outros. O consultor do Sebrae-SP defende que o empreendedor precisa definir um setor e abraçar esse público-alvo. “O Brasil está se tornando um país obeso. E aí, de que forma as empresas vão lidar com essa informação. Apostar no plus size ou no fitness? O empreendedor precisa absorver essas informações antes de tomar suas decisões.”

Fonte: PEGN

Três Funcionalidades do Sistema de Gestão MarketUP Excelentes Para Sua Loja de Roupas

Ter uma loja de roupas ou um varejo que atue no mercado de moda é o sonho de muitos empreendedores e empreendedoras. Quando analisamos dados do segmento no país, conseguimos verificar que esta meta – se bem planejada – tem boas chances de se tornar rentável. Segundo o especialista em varejo e empreendedorismo, Cláudio Forner, o Brasil é o 4º país no varejo de moda em termos de desempenho econômico e o que mais cresce no setor. “Não existe concentração de mercado, o empreendedor da moda tem de ficar atento à movimentação do grande varejo que dita o ritmo do mercado e tem apenas 10% deste comércio. Existe um grande mercado para o pequeno varejo, basta prestar atenção”, comenta Cláudio.

É natural que informações como essas motivam qualquer futuro empreendedor. Entretanto, você já deve saber que, apesar de essencial, a análise do cenário externo não é o único fator que trará sucesso para o seu negócio. Força de vontade, organização e planejamento são alguns dos outros elementos fundamentais para que seu sonho torne-se algo viável. Além disso, quando a empresa sair do papel, uma boa gestão de suas finanças, estoque, fornecedores e vendas será aquilo que poderá lhe trazer pontos diferenciais em um mercado tão competitivo.

Com tantas coisas para dar conta, nada melhor do que um sistema capaz de organizar todas essas informações para você em uma plataforma única e inteligente, a qual você pode acessar através de um Computador simples, Notebook, Tablet ou Smartphone. Imagine agora que este sistema é gratuito e com ele você vai poder gerenciar todos os setores do seu negócio (finanças, estoque, fornecedores e vendas) de um modo rápido e fácil.

Gostou? Pois essa é a proposta do Sistema de Gestão MarketUP, um ERP sem custos voltado para micro, pequenas e médias empresas!

E, para auxiliar os pequenos empreendedores que administram – ou administrarão –, uma loja de roupas, confira agora três funcionalidades do Sistema de Gestão MarketUP que certamente serão muito úteis para o seu negócio:

Grade de Produtos

Com o recurso da Grade de Produtos, ao cadastrar um novo item, você possui a opção de selecionar o estoque com grade. Isso lhe dará total liberdade na adição de variadas cores e tamanhos na hora de cadastrar uma peça de roupa, por exemplo. Cadastre da maneira que preferir e for mais funcional para o seu negócio.

Gestão de Compras e Fornecedores

Através do módulo de compras você poderá cadastrar sua lista de fornecedores, agenda de pagamentos de faturas e recebimentos de mercadorias, além de poder gerir seus orçamentos e importar suas notas fiscais de compra pelo sistema. E lembre-se: tudo isso integrado a seu estoque e financeiro!

Loja Virtual

Aumente sua fonte de recursos vendendo suas peças também pela internet! Tenha a sua disposição os principais recursos para ter uma Loja Virtual Completa, como integração com os Correios para cálculo de envios, integração com os principais meios de pagamentos do mercado (PayPal, Bcash e PagSeguro), opções de cores e layouts, além de poder trabalhar a gestão de pedidos, financeiro e estoque da sua Loja Virtual e Física em um único sistema.

Então, se você já tem o seu negócio, não deixe de usar um ERP criado para atender exclusivamente as PMEs. E, caso esteja planejando abrir sua empresa, não se esqueça: o Sistema de Gestão MarketUP está aqui, basta começar a usar!

Por: Redação MarketUP