Últimas postagens

Ver todos

Quais seriam as vantagens do ‘Branding’ para o PME

Qualquer marca possui suas características e vantagens inerentes aos seus produtos, ‘branding’, em inglês quer dizer ‘marca’

Uma das perguntas mais justas que os clientes fazem antes de comprar algo é querer saber quais seriam as vantagens da marca que você quer vender para ele. O termo ‘branding’ sempre é citado neste meio, como uma alternativa de conhecimento do consumidor. No entanto quais seriam as suas reais vantagens para o negócio?

Longe de ser uma marca bonita, atraente, que vende bem para seus clientes, há uma série de vantagens para fazer o branding de seu negócio corretamente.

Se você quer criar a próxima Apple, ou Nike, mas não entende as vantagens competitivas da marca, este é um texto para você.

O Branding cria reconhecimento e lealdade

As duas primeiras coisas que uma marca comercial forte deve fazer é trabalhar para construir o reconhecimento da marca e a fidelidade do cliente.

Consistência

Seja consistente, considerando os usos dos mesmos elementos gráficos, texto, fotografia e publicidade, que irão trabalhar em conjunto para formar a identidade da marca. Se as pessoas virem sua marca na natureza, e for consistente em sua abordagem visual e entrega, você está construindo o reconhecimento da marca.

Consistência é um ingrediente vital ao tentar usar a marca para sua vantagem. Não adianta ter um anúncio em uma revista de saúde masculina, que parece completamente diferente de um outro anúncio feito pela sua empresa em outra revista. Então, quando os clientes visitam seu site, eles são recebidos com algo diferente novamente.

A consistência ajuda a construir o reconhecimento da marca, que é uma das maiores vantagens da marca de negócios bem-sucedida.

Uma marca forte ajuda na comunicação

Uma das principais coisas que uma marca forte ajuda você a fazer é se comunicar. Comunique sua visão, missão e ideias.

Isto também ajuda na hora de se comunicar.

Tamanho

Um bom exemplo pode ser levado em consideração neste ponto. Quando Tony Hardy quis criar sua empresa, ele sabia onde queria chegar em alguns anos. Então ele decidiu não usar “Tony Hardy” como seu nome de design. Ele começou com Canny Creative.

Ele queria comunicar tamanho. Ele não queria que as pessoas pensassem que era apenas um homem trabalhando de seu quarto, algo que foi por um tempo.

Mas o plano era crescer, então ele usou sua marca para comunicar tamanho. E foi algo que funcionou.

Qualidade

A marca pode ajudar a comunicar qualidade. Vamos usar pizza como exemplo. Afinal quem não gosta de uma boa pizza?

Dominos e Pizza Hut são duas das cadeias de pizza mais bem sucedidas do mundo. Eles se destacam no meio de um oceano de outras empresas de pizza, por causa de seus fortes esforços de branding e marketing, que os tornam conhecidos pela qualidade da pizza.

Aqui está uma experiência real de uma história com o Pizza Hut;

Quando maria (nome fictício) saiu da sua cidade para trabalhar, ela passou certas dificuldades para se alimentar, pelo fato de ser vegetariana. Depois de alguns dias, ela decidiu navegar pelo site do Pizza Hut da cidade em que ela estava, para comprar uma pizza simples de queijo.

Ela foi ao Pizza Hut porque sabia que não se decepcionaria. Acontece que o Pizza Hut é igual em todo o mundo. O sabor foi ótimo para ela, assim como sua experiência.

Reconhecimento de edifícios ajuda a fidelizar a marca

Quando as pessoas reconhecem sua marca, elas começam a confiar em você e a se tornarem leais a você.

As pessoas usam o McDonalds porque reconhecem os arcos dourados. Quando eles estão dirigindo para casa tarde da noite, e passam o grande M ao lado da estrada, eles sabem que podem obter um café decente ou lanche quente de lá.

O logotipo do McDonalds é realmente muito poderoso. Às vezes, pode evocar o cheiro e o sabor de suas batatas fritas. Isso é forte marca!

Fonte: Tony Hardy em Canny Creative