Últimas postagens

Ver todos

Mercado Pet expande na pandemia com novidades no setor

Espaço de lazer para cachorros, colchões especiais e álcool gel específico para animais fazem sucesso e garantem faturamento em meio a crise.

O mercado pet deve crescer 6% em 2020, mesmo com a crise gerada pela pandemia do coronavírus, segundo o Instituto Pet Brasil. O setor conseguiu se manter e ganhou novos modelos de negócio.

Diversão para cachorros

A engenheira química Karen Fujiwara largou a profissão e apostou em um negócio próprio durante a pandemia: o cachorródromo, um espaço de lazer para cães, recém-inaugurado em São Paulo.

Com 2,5 mil metros quadrados, o local tem parque, brinquedos, piscina, produtos e serviços, e em 15 dias de operação recebeu mais de dois mil cães.

Para entrar, os donos dos cães pagam R$ 20, mas a maior receita vem das lojinhas alugadas para pequenos empresários do setor. A mensalidade dos espaços varia de acordo com o tamanho, cada metro quadrado custa R$ 200.

Mudança na operação

O dono de uma fábrica de colchões ficou sem vender por causa da pandemia e mudou o foco do negócio. Robério Andrade Araújo usou toda estrutura que tinha para fazer camas para novos clientes: cães e gatos.

A fábrica de Robério fica em Porto Nacional, no Tocantins. Ele mesmo pegou a estrada com seu caminhão e passou a oferecer as camas nos pet shops.

Robério conta que está vendendo mais de mil colchões e camas pet por mês e faturando o dobro do que ganhava antes da pandemia.

Álcool gel especial

Com a disseminação do coronavírus, os donos de animais de estimação se depararam com um problema: como fazer a limpeza dos bichinhos depois de um passeio? Uma empresa do setor criou um álcool gel especial para resolver o problema.

O produto, certificado pela Anvisa, leva álcool de cereais e não o etílico, utilizado no álcool gel tradicional, que pode irritar a pele dos animais. O principal componente é um agente germicida usado em enxaguantes bucais.

A aposta da empresa foi certeira, apesar de ter sofrido no início da crise. “A gente teve queda nas vendas porque o nosso foco são acessórios, mas depois, com esse novo produto, a gente recuperou e aumentou em 60% o faturamento”, conta o empresário Diogo Petri.

Fonte: G1

4 ideias de negócios lucrativos para você empreender em 2020

Saiba quais serão os negócios lucrativos para você apostar neste ano

Iniciamos o ano de 2020 e nos planos de muitas pessoas está o desejo de empreender.

Mesmo que 2019 tenha sido um ano difícil devido à crise econômica, podemos esperar resultados melhores neste ano.

Após um crescimento acima do esperado no segundo trimestre, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), estima que o Produto Interno Bruto (PIB) apresente um crescimento rápido no terceiro trimestre de 2020.

Saber que neste ano podemos esperar perspectivas melhores já é um bom começo. No entanto, como se destacar e ter bons resultados perante a uma economia que ainda está se recuperando? 

É preciso enxergar oportunidades de negócios e analisar o que você faz de melhor para se sobressair no mercado.

Vamos listar mais abaixo 4 negócios lucrativos que estão em alta para você investir em 2020. Mas, antes de abrir um negócio, é preciso ficar atento a alguns pontos importantes. 

COMO CRIAR UM NEGÓCIO

Para abrir uma empresa, muitos passos são importantes antes de tirar a ideia do papel. Existem algumas habilidades que todo empreendedor precisa ter para conseguir bons resultados e administrar um bom negócio. Há ainda, muito conhecimento do mercado em que deseja atuar, um plano de negócios bem estruturado entre outras coisas.

Empreender não é uma tarefa fácil, porém com muito planejamento estratégico e uma boa gestão você conseguirá bons resultados.

TIPOS DE NEGÓCIOS

Uma das principais dificuldades de todo empreendedor é a burocracia. É muito complexo hoje abrir uma empresa. São ao todo 17 procedimentos para se realizar. E é claro que nem todo empreendedor conhece esses procedimentos, por isso conte com a ajuda de um contador.

Confiram um resumo de quais tipos de empresa é possível abrir:

Empresário Individual (EI) – O Empresário Individual desempenha sua atividade comercial em nome próprio e, em razão de sua natureza, só pode ser composta por uma pessoa.

Microempresário Individual (MEI) –  Hoje uma das modalidades mais fáceis e rápidas para se abrir. Porém, fique atento às restrições. O MEI é o empresário individual com receita bruta anual até R$ 81 mil. E nesta modalidade não pode ter mais de um funcionário.

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli) – A Eireli é constituída por um titular, sem a necessidade de mais sócios. E requer um investimento de, no mínimo, 100 salários mínimos no ato de abertura.

Sociedade Empresária – Nesse tipo de empresa, há uma atuação coletiva entre dois ou mais sócios, com responsabilidade limitada ao capital social.

Sociedade Empresária Limitada (Ltda.) –  É o tipo de empresa mais adotada no Brasil, é um modelo mais simples e protege o patrimônio pessoal dos sócios.

Sociedade Simples – A sociedade simples é uma empresa com atuação Coletiva, ou seja, dois ou mais sócios. A responsabilidade dos sócios é ilimitada. Nesse tipo de empresa, estão negócios que oferecem apenas serviços.

Sociedade Anônima (SA) – Dividida em dois tipos (capital aberto e capital fechado), a Sociedade Anônima consiste em uma divisão de capital entre sócios, chamados de acionistas.

Bom, agora que você já entendeu alguns processos para abrir a sua empresa. Vamos conhecer a seguir quais ideias de negócios lucrativos irão se destacar no ano de 2020.

#1- Beleza e cosméticos

Provavelmente, você sempre vê um salão de beleza aberto seja perto de casa ou do trabalho, certo? Mesmo, em período de crise, este segmento tende a alcançar bons resultados em 2020. Sendo uma boa oportunidade de negócio para você investir. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal (ABIHPEC), há uma previsão de 14% de crescimento para o próximo ano.

Este segmento vale o investimento, pois há inúmeras formas de explorar este mercado.

#2- Coaching

O coaching está cada vez mais frequente na vida dos brasileiros, principalmente, nos últimos anos. Hoje em dia, as pessoas buscam formas de desenvolver competências para aprimorar a forma que lidam com os desafios e problemas do dia a dia, tanto no âmbito pessoal como no profissional. Por isso, montar uma microempresa de coaching, pode ser uma boa alternativa para 2020. 

Só para você ver como investir em coaching vale a pena. Entre 2015 e 2019 o coaching cresceu mais de 300%, segundo dados da International Coach Federation

#3- Alimentação saudável e gourmet

A alimentação saudável e a gourmet estão no auge. Segundo pesquisas as pessoas estão cada vez mais interessadas por alimentação saudável, o que corrobora com um mercado tão aquecido. De acordo com o relatório Brasil Food Trends 2020, a sensorialidade e prazer ainda é um dos principais critérios de consumo no país. Portanto, inovar com os alimentos gourmet é uma tendência para o próximo ano.

Segundo dados da Euromonitor o setor de alimentos e bebidas saudáveis cresceu 12,3% ao ano nos últimos cinco anos, e a previsão é que feche 2019 com crescimento de 50% (R$ 110 milhões).  Nunca um mercado esteve tão favorável para esse tipo de negócio. Quer saber mais sobre como abrir uma empresa de marmitas fitness? Veja.

#4- Mercado PET

O último de nossa lista é o mercado PET, outro negócio lucrativo que está a todo vapor.  De acordo com o IBGE, existem mais de 132 milhões de animais de estimação no país. E claro, donos que querem novidades para agradar seus bichinhos. O resultado  disto, é um mercado aquecido, que deve atingir um faturamento de R$ 20 bilhões em 2020. E este mercado há diversos nichos que entram neste segmento como: 

  • Lojas especializadas
  • Pet shops
  • Marcas de produtos
  • Alimentos para animais
  • Clínicas veterinárias

POR: Tainá Almeida