Últimas postagens

Ver todos

Pix entra em vigor. E você sabe usar?

O novo sistema de pagamentos e transferências instantâneo, o Pix, entra em vigor hoje (16/11). Segundo o Banco Central, a tecnologia está disponível em 734 bancos e instituições financeiras. Até o momento são mais de 30 milhões de pessoas cadastradas e 71 milhões de chaves Pix registradas. E você, já sabe como usar? Neste artigo você confere como usar no seu negócio e para as transações financeiras.

O Pix pode ser utilizado por pessoas físicas ou empresas, além de gratuito, vai estar disponível todos os dias da semana, 24 horas para realizar as operações de pagamentos e transferências, bem como realizar compras tanto online como em lojas físicas. Como o seu propósito é que as transações sejam imediatas, isso deve acontecer em até 10 segundos. Diferente de DOCs e TEDs que são realizados com restrição de dia e horário.

 

COMO USAR O PIX?

De uma maneira geral, o Pix é utilizado em transferências ou pagamentos e só pode fazer esta operação se o destinatário também for usuário do sistema, independente da instituição financeira.

 

O novo sistema pode ser usado da seguinte forma:

  • Chave de endereçamento, que consiste em e-mail, CPF ou CNPJ, número de celular celular ou código aleatório (EVP);
  • Link gerado pelo celular;
  • Leitura de QR Code.

Quem vai realizar um pagamento, pode fazer inserindo a chave do recebedor, usando um link gerado pelo celular ou fazer a leitura de QR Code O pagador poderá fazer a operação inserindo a chave do recebedor, usando um link gerado pelo celular ou fazendo a leitura de QR Code. 

Se você tem um negócio, poderá gerar um QR Code, que o seu cliente vai conseguir pagar diretamente. Saiba como receber suas vendas presenciais com o Pix.

E aí, já começou a usar o Pix em sua empresa ou comércio?