Últimas postagens

Ver todos

Dia dos namorados: Como manter as vendas na quarentena?

As datas comemorativas sempre impulsionam o varejo, mas agora em época de pandemia o cenário está diferente, principalmente devido ao isolamento social e a preocupação com o orçamento. No mês de junho, o destaque é para o Dia dos Namorados. Por isso, muitos comerciantes já estão se perguntando: Como manter as vendas na quarentena? Para ajudar você, micro e pequeno empreendedor, separamos algumas dicas para não deixar o faturamento do seu estabelecimento cair.

Dar e receber presentes é uma tradição que carrega todo um simbolismo de carinho e afeto. Por este motivo, as pessoas sempre se preocupam em demonstrar seus sentimentos e valorizar suas relações durante períodos como esses. E mesmo durante a pandemia do novo coronavírus não seria diferente. Alguns hábitos sofreram alterações como, por exemplo, deixar de frequentar lojas físicas e aderir às compras online; e até substituir às experiências gastronômicas e estética/ beleza por outras opções. No entanto, a intenção de presentear continua.

Apesar das incertezas sobre a flexibilização da quarentena em algumas regiões do Brasil e de quando realmente os pontos físicos conseguirão abrir, é importante se reinventar, mesmo que por meio de outros canais. Diante disso, você já preparou o seu estabelecimento para as vendas do Dia dos Namorados? Se ainda não fez isso, corre que dá tempo. 

E sabe porque ainda dá tempo? Segundo informações do Google, na semana que antecede as datas comemorativas as buscas crescem em torno de 1500% e além disso,  as compras acontecem também nesse período, incluindo as compras de última hora, com pelo menos, 2 dias de antecedência. E neste quesito as categorias que se destacam, são as Floriculturas e as Joalherias.

Também de acordo com os dados da plataforma de busca, muitos brasileiros pretendem mudar o tipo de presente, para algo que seja mais fácil de comprar pela internet e também modificar a forma de compra, principalmente para o canal online. Na pesquisa realizada pelo buscador em março, 26% dos entrevistados demonstraram intenção de comprar presentes online por conta da evolução do coronavírus.

Vamos às dicas de como você pode se preparar:

#Criatividade

Que tal pensar nos seus produtos para cada perfil de casal? Na hora da divulgação pode ser uma forma diferente e atrativa de chamar a atenção. E você pode usar a criatividade! Além dos namorados, explore as opções que podem ser desde “crush” (aquela paquera), amigos, casados (eternos namorados), entre outros. E lembre-se da saudade em tempos de quarentena e em como é bom receber algum presente!

Uma outra dica, é incrementar itens ao seus produtos. Por exemplo, as floriculturas – bastante procuradas nessa época, pode pensar em oferecer cestas de café da manhã, bombons, vinhos, etc. Tudo para atrair mais clientes e diversificar seu portfólio.

# Valor do seu produto

É importante pensar, ainda mais neste momento, sobre o valor do seu produto. O preço deve cobrir os gastos, mas também levar em consideração a situação econômica do País e de muitos brasileiros que estão sendo afetados pela crise, seja pela diminuição da renda ou desemprego. Pesquise os concorrentes, analise os custos de produção e dos seus serviços e assim, calcule a sua margem de lucro.

# Parceria

Neste momento de crise, a parceria pode ser uma boa opção para os negócios. Para isso, deve-se procurar empresas com produtos ou serviços que agreguem valor ao que você oferece. E isso vale tanto para uma floricultura quanto um parceiro que trabalhe com entregas e te ajude a melhorar o atendimento aos seus clientes. Não vale pensar sobre o assunto?

#Cartões e embalagens

Quando se fala em presente, tanto a embalagem quanto o cartão, fazem toda a diferença. E pensando nisso, a sua empresa também pode se diferenciar. Com as pessoas comprando online, não será possível fazer um embrulho ou uma dedicatória. E se quiserem fazer isso, terão que encomendar de outro local. E por que você não pode oferecer? Pense em embalagens bonitas e simbólicas para a data, bem como em anexar um cartão ou até quem sabe permitir que se tenha um espaço para mensagens no site, caso o cliente não tenha tempo de entregar o presente.

#Serviço de entrega

Com o funcionamento apenas dos serviços essenciais, o comércio em geral sofre com a quarentena imposta para conter o novo coronavírus. Diante disso, a estratégia para muitos estabelecimentos e negócios em geral, é oferecer serviços de entregas. E para o Dia dos Namorados essa ação pode ser utilizada, e muito, como estratégia de conquistar clientes para essa data, sem esquecer, é claro, de todas a medidas sugeridas pelas autoridades governamentais e de saúde.

O delivery é outra opção dentro dessa modalidade e que tem sido muito utilizado. Se aumentar a demanda por esse tipo de serviço, que tal pensar em contratar um ou alguns motoboys? Lembrando que no Dia dos Namorados podem aparecer entregas de última hora. Esteja preparado para isso e pense como alternativa para implementar de vez no seu negócio.

Se você pensa em investir nesse serviço, a MarketUP pode te ajudar no gerenciamento. Veja como é simples e fácil, principalmente para quem possui cadastro na plataforma habilitar o recurso delivery.

# Atenção ao estoque

A atenção ao estoque deve ser redobrada, ainda mais neste momento, para garantir os melhores produtos aos seus clientes e não gerar frustração.

Se você já encomendou, ok. Se ainda não, é hora de correr, mas com cautela, levando em consideração para não ficar com itens encalhados, bem como aos prazos de entrega dos fornecedores.

# Venda online

O comportamento de consumo mudou, por isso, mais do que nunca é preciso repensar outro canais de venda, além do espaço físico. Nesse contexto, o digital tem sido a alternativa para esse tempo de crise, ainda mais porque os consumidores têm procurado consumir pela internet.

Já pensou em ter a versão online do seu negócio? Na plataforma MarketUP, é possível criar a sua loja virtual, de forma simples e intuitiva.

Se para o Dia dos Namorados não der tempo de se dedicar a isso, outros canais como as redes sociais podem ajudar na exposição dos seus produtos, assim como, para atender aos pedidos.

 # Divulgação: aposte nas redes sociais

A divulgação é a alma do negócio e não podemos negar isso. Seja por meio de panfletos, boca a boca ou redes sociais essa é uma estratégia que sempre atrai clientes e torna a sua marca conhecida.

E como o digital é tendência em tempos de coronavírus, um recurso que tem sido muito utilizado para esse fim são as redes sociais. Por isso é uma boa aposta para esse momento e também para manter o investimento no futuro.

Entre elas, o Instagram é uma ótima alternativa para postar conteúdo sobre o Dia dos Namorados, bem como expor seus produtos para a data. Além disso, a rede ainda permite o uso de imagem e vídeos, o que colabora ainda mais para a divulgação. 

Outra rede interessante é o WhatsApp, um canal que você pode divulgar para  seus clientes as opções de presentes para essa celebração, bem como uma forma de estreitar o relacionamento com o seu consumidor.

#Lembre-se da promoção

No atual cenário econômico, os consumidores estão interessados em promoções e condições melhores de preços. Por isso, é o momento ideal para pensar em algum tipo de desconto, seja para frete, pagamento à vista, entre outras opções, que ofereçam vantagens reais para o cliente.

#Google Meu Negócio

Muitas pesquisas reforçam que as buscas realizadas no Google possuem alta intenção de compra. Com base nisso, vale pensar em inserir o seu comércio no Google Meu Negócio ou se já tem atualizar com fotos, promoções, por exemplo.

E por que não pensar em alternativas como Google Shopping e Google Ads? Respectivamente para anunciar seus produtos e seu site ou loja virtual. Essas duas opções estão disponíveis para integração no sistema da MarketUP e quem é usuário da plataforma podem conferir na UP.store.

#Comércio aberto

Para as regiões que permitirem a reabertura dos estabelecimentos, os comerciantes devem seguir as recomendações dos governos estaduais e municipais, bem como garantir a segurança de seus funcionários e clientes.  É importante pensar tanto em equipamentos de proteção como máscaras, disponibilização de álcool gel e garantir o distanciamento entre as pessoas, assim como evitar a aglomeração das mesmas.

POR: Carolina Barros