Últimas postagens

Ver todos

Como proteger o seu negócio de ataques cibernéticos

Segundo o relatório Global da McAfee, são cerca de 65 milhões de ataques cibernéticos por dia a grandes e pequenos negócios

Há um tempo ataques cibernéticos de hackers vêm aparecendo nas notícias e prejudicando grandes e pequenas instituições públicas e privadas nos mais diversos setores da sociedade. Ficar atento aos riscos e proteger as informações sigilosas dos negócios é um dever do todo o empreendedor.

Para isso não é necessário um grande investimento, apenas a aplicação de conhecimentos de tecnologia da informação já é mais do que o suficiente. Como dono de um negócio você raramente pensa sobre a ameaça dos ataques cibernéticos no dia-a-dia, mas quando acontecem na sua empresa o resultado pode ser catastrófico.

Para evitar que isso ocorra, selecionamos algumas dicas de segurança que podem salvar você de uma grande dor de cabeça. Confira:

Faça da segurança a cultura de sua empresa

Colaboradores devem estar avisados de que podem colocar a sua companhia em risco com ações precipitadas. Os deixe sempre atentos sobre ataques cibernéticos e tenha certeza, em seu papel como líder, de que os funcionários prestem atenção às possíveis ameaças. Lembre-se: hackers podem fazer seu caminho para informações privadas em servidores de e-mails, apps e pop-ups.

Criptografe ou codifique os seus dados

Criptografar é codificar as informações de forma que apenas pessoas autorizadas tenham acesso a elas. Desde informações bancárias, até dados pessoais dos seus funcionários. Os hackers, hoje, estão na caça destas informações que podem ser de fácil ou difícil acesso. Para empresas que detém dados importantes, estejam certos de que estas informações estejam codificadas. Existem diversos softwares de codificação que levam menos de um minuto para criptografar todos os arquivos do sistema – e muitas vezes de forma gratuita.

Prepare os computadores para Log Off automático

Tudo o que os hackers precisam para entrar na sua rede é que um empregado faça uma pequena pausa para ir até a cozinha do escritório ou banheiro, por exemplo, para eles atacarem os computadores ligados e ativos com vírus e malwares. Para evitar esse problema, programe seus computadores para ficarem inativos depois de 5 ou 10 minutos sem atividade.

Esteja certo de que seu hardware está seguro

Nem todos os ataques cibernéticos vêm através de um sistema interno ou software. Alguns ataques também podem ocorrer quando celulares são roubados ou hackeados por pessoas mau intencionadas. Para ter certeza de que ninguém saia de sua empresa com dados privados armazenados, bloqueie os computadores para qualquer dispositivo removível físico.

Existem algumas empresas que protegem os servidores com travas para conexão USB e codificação baseada nos hardwares em si, este processo dificulta os ladrões de dados a conseguirem o que querem. Outro detalhe: o armazenamento em nuvem permite que empresas rastreiem celulares, laptops e até mesmo CPU’s que foram roubados. Fique de olho.

Coloque em evidência quais práticas na internet são proibidas

Uma forma de inteirar os funcionários sobre as políticas de segurança da informação da empresa é colocar em pauta e especificar as políticas do seu negócio e práticas ilegais ou inseguras no ambiente de trabalho.

As práticas da internet podem ser definidas para notebooks, computadores e celulares. Se você ainda está para determinar as regras sobre, por exemplo, quais tipos de e-mail podem ser abertos e quais tipos de anexos podem ser baixados, fale com o seu expert em TI e desenvolva um conjunto de regras.

Mande para seus colaboradores e-mails breves, com dicas para eles terem em mente que as ameaças podem ser reais a qualquer momento de descuido. Dizem que a maneira mais efetiva de prevenir ataques na rotina da empresa é avisar para não acessarem o e-mails desconhecidos no Wi-fi da empresa.

E se eu sofrer um ataque cibernético?

Os sinais de alerta são claros. Se você identificar uma transferência para um lugar que você não conhece, o recomendado é entrar em contato com o seu banco imediatamente. Quanto mais rápido você notar um incidente, maior é a probabilidade de você conseguir seu dinheiro de volta ou minimizar os danos.

Agora, se algum equipamento eletrônico de seu negócio for roubado, ligue para a polícia. Provavelmente eles já conhecem este tipo de incidente, que é muito comum atualmente. Existe uma força tarefa brasileira própria em cada estado que previne delitos praticados através de meios digitais. Porém, o mais importante é que se você notar qualquer tentativa de invasão não autorizada, mude suas senhas e fique de olho nos seus números, desde suas contas da empresas e pessoais até movimentações em contas de funcionários. A segurança digital é baseada na prudência.