Usuário

Informe abaixo os dados para a criação do usuário que será o administrador do sistema

Domínio

Crie um endereço exclusivo para sua empresa acessar o sistema de gestão MarketUP

CONTA CRIADA COM SUCESSO!

Para ativar sua conta e começar a utilizar o MarketUP, basta seguir as instruções enviadas para o e-mail abaixo, utilizado no seu cadastro de administrador.

OCORREU UM PROBLEMA!

Não foi possível, neste momento, completar sua solicitaçao e criar sua conta no MarketUP. Pedimos desculpas pelo ocorrido e solicitamos que tente novamente.

TENTAR NOVAMENTE
Crie sua conta em
1 Minuto
100% grátis

5 dicas para evitar inadimplência de clientes na sua empresa

MarketUP > Gestão  > 5 dicas para evitar inadimplência de clientes na sua empresa
5 dicas para evitar inadimplência de clientes na sua empresa

5 dicas para evitar inadimplência de clientes na sua empresa

Em tempos de crise, uma das situações mais desagradáveis tanto para vendedores quanto para consumidores tende a se agravar: a inadimplência. No caso de uma empresa, a falta de pagamento pode acabar se tornando uma grande bola de neve. No final do mês, as contas não fecham e as economias do próprio negócio entram em um grave risco.

A inadimplência de clientes pode reduzir os lucros da empresa, causando mais despesas e dificuldade em pagar fornecedores e colaboradores. Dessa forma, a própria empresa pode vir a se tornar inadimplente e sujar seu nome no mercado. Um estudo da área de análise de informações da Serasa Experian mostra o mais atualizado perfil do inadimplente brasileiro:

 

  • Os homens são maioria, com 50,9% dos inadimplentes;
  • As pessoas que ganham de 1 a 2 salários mínimos é a mais atingida (39,1%), seguida dos que ganham até 1 salário mínimo (38,8%);
  • A maioria dos inadimplentes possui apenas uma dívida (37,3%). Mas 30,7% dos consumidores negativados possuem quatro dívidas ou mais;
  • 19,4% dos inadimplentes têm idade entre 41 e 50 anos. Em segundo no ranking estão os jovens de 18 a 25 anos (14,9% do total).

Contornar a inadimplência de seus clientes pode não ser uma tarefa das mais fáceis, mas é possível. Neste artigo, separamos cinco dicas para que sua empresa escape da inadimplência e consiga escapar da crise sem maiores danos.

 

#1 – Construa uma boa relação com todos os seus clientes

 

Quem trabalha com a venda de produtos ou serviços sabe o valor de manter boas relações com seus clientes. Além de fidelizá-lo e vender mais, construir um bom relacionamento entre as partes pode evitar futuros problemas, como a inadimplência. Até mesmo uma possível cobrança, caso ela ocorra, pode ser suavizada quando se manter uma boa relação com a clientela. Por isso, trate de investir nisso desde o primeiro contato, a primeira venda, o primeiro serviço. Dessa forma, seu cliente se sentirá mais satisfeito e menos propenso a lhe dar um calote.


#2 – Formalize todas as operações com emissão da nota fiscal

 

Não importa se a sua relação com seus clientes é de confiança total (o que nunca deve ser). Trate de sempre formalizar todas as operações realizadas entre as duas partes com contratos e a emissão de nota fiscal. Essa formalização irá dar a você e sua empresa uma segurança a mais em caso de inadimplência. Então jamais abra mão de um contrato, já que ele pode lhe garantir o sucesso de uma futura cobrança judicial. Além disso, emitir a nota fiscal evita o crime de sonegação fiscal e as outras complicações para a sua empresa. Então lembre-se de não correr qualquer risco.

 

#3 – Determine quais são as melhores formas de recebimento

 

A forma de pagamento que você escolher para seu negócio é outro ponto que irá influenciar possíveis casos de inadimplência. Pagamentos com cheques pré-datados, boletos ou promissórias, por exemplo, possuem um alto risco de inadimplência. Por isso, prefira sempre pagamentos por meio de depósitos, transferências e cartões de crédito ou débito. Dessa forma, a obrigação de cobrar qualquer inadimplência de seu cliente ficará a cargo apenas da instituição financeira do mesmo.


#4 – Ao oferecer créditos para seus clientes, tome todas as precauções

 

Oferecer créditos para seus clientes é uma das maneiras de construir uma boa relação e aumentar as chances de fidelidade. Mas é necessário sempre tomar muito cuidado em como isso será feito. Mesmo que seu cliente esteja com o nome limpo e goze de boa reputação, evite oferecer um crédito exageradamente alto. Você pode, por exemplo, aumentar esse crédito aos poucos à medida que o cliente se mostrar bom pagador. Dessa forma, casos de inadimplência em sua empresa se tornarão mais raros.

 

#5 – Não tenha medo de cobrar clientes inadimplentes, mas saiba fazê-lo

 

Mesmo adotando atitudes para minimizar casos de inadimplência em sua empresa, ainda é possível que elas aconteçam. Quando isso acontecer, é importante cobrar o cliente e evitar futuros prejuízos e sua própria inadimplência. Defina qual o atraso máximo tolerado, quais penalidades serão aplicadas, como o cliente será abordado e  quais medidas serão tomadas. Ser flexível e aberto à negociação é importante para manter boas relações com clientes e aumentar suas chances de recebimento.

 

POR: Luís Carvalho

 

VEJA TAMBÉM

> 5 sinais que sua empresa está no caminho certo

> Como garantir um atendimento personalizado ao meu cliente?

> Simples Nacional: o que é e quais seus benefícios para MEIs, MEs e EPPs

  • 22
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    22
    Shares

Comentários no Facebook